Aquaman deve a vida aos golfinhos - é, é uma história meio estranha, mesmo

Os animais salvaram o super-herói de um ataque de Lobo nos quadrinhos

Redação Publicado em 10/08/2020, às 18h55

None
Aquaman nos quadrinhos DC (Foto: Reprodução)

Aquaman tem uma capacidade incrível de falar com a vida no oceano, e em uma história de meados dos anos 1990, o super-herói foi salvo das garras de Lobo devido à habilidade de se comunicar com os mares e todos os animais aquáticos. As informações são do Screenrant.

+++LEIA MAIS: Blake Lively vira Mera - e substitui Amber Heard - em foto fake de Aquaman; veja

Em Aquaman #4, da DC, escrito por Peter David, Martin Egeland e Howard M. Shum, a história apresentou dois golfinhos no Japão. Nos quadrinhos, é mostrado um cientista japonês em uma conversa com os animais em um centro de pesquisa, e ele explica como as criaturas são sensíveis e inteligentes.

Em um segundo momento, há um marinheiro irrompendo pela porta, que exige ser pago por trazer um golfinho morto ao cientista, alegando que o mesmo pode voar. O cientista, porém, nega que a autópsia tenha revelado algo estranho sobre o animal.

+++LEIA MAIS: Infográfico revela os filmes de herói favorito de cada país - Aquaman é o mais popular no Brasil, Batman bomba na Rússia

No entanto, há sim algo de errado com aquele animal. Isso porque, em um momento anterior, é apresentado Lobo indo à Terra para encontrar quem matou um golfinho, enquanto Aquaman vai ao Japão para rastrear um misterioso golfinho voador. 

No momento em que o Protetor das Profundezas invade a instalação, Lobo é visto espancando marinheiros japoneses tentando encontrar o responsável pela morte do golfinho. O super-herói encontra os animais e começa a se comunicar com eles.

+++ LEIA MAIS: Liga da Justiça: Jason Momoa descreve a versão de Zack Snyder em apenas uma palavra

Os dois golfinhos pedem a Aquaman para salvar o cientista na esperança de recompensar o homem pela bondade dele. No entanto, quando o super-herói está prestes a libertar os animais, o marinheiro de antes invade a instalação e exige vingança pelo tratamento que o cientista lhe deu. 

Essa comoção junta Lobo e Aquaman, enquanto a instalação científica é inundada com água do mar. Os dois começam a brigar até o Lobo jogar o super-herói no chão, estrangulando-o. Para não ficar atrás, Aquaman pressiona o gancho na garganta de Lobo, forçando-o a falar. 

+++LEIA MAIS: Superman metaleiro surge nos quadrinhos da DC

Aquaman revela o pedido dos animais para salvar o cientista, para surpresa de Lobo. Ao saber que o super-herói não era um inimigo, ele o soltou e correu para pegar os marinheiros responsáveis ​​pela morte do golfinho dele. Após rastrear o navio, ele joga uma granada no convés, e explode os assassinos de golfinhos.

A história é insana em quase todos os sentidos. Não há apenas golfinhos voadores, mas Lobo está em busca de vingança pelo assassinato dos animais, e até para de lutar contra Aquamandepois de saber quem são os responsáveis. As informações são do Screenrant

+++ LEIA MAIS: Batman tem ‘versão’ da Manopla do Infinito, dos Vingadores, para lutar contra Superman nas HQs; Veja


+++ JOÃO GORDO ENCARA O DESAFIO MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS