Ariana Grande suspende turnê mundial após atentado em Manchester

Depois do ataque terrorista, cantora voltou para casa; giro incluía vinda ao Brasil

Rolling Stone EUA Publicado em 23/05/2017, às 17h51 - Atualizado às 18h53

Ariana Grande

Ver Galeria
(4 imagens)

Segundo a emissora CNN, a cantora Ariana Grande suspendeu a Dangerous Woman Tour após o atentado terrorista que ocorreu durante um show dela na noite da última segunda, 22, na Inglaterra.

Um homem-bomba britânico de 22 anos, identificado pela polícia de Manchester como Salman Abedi, detonou um explosivo caseiro na parte de fora da Manchester Arena, matando pelo menos 22 pessoas e deixando 59 feridas.

O Estado Islâmico assumiu a autoria do atentado.

Ariana tinha shows marcados na Europa até o meio de junho para divulgar o disco mais recente da carreira dela, Dangerous Woman (2016). A cantora começaria a turnê na América do Sul em 29 de junho, no Brasil, com uma apresentação no Rio de Janeiro, e depois, no dia 1 de julho, faria outra em São Paulo. Ainda não está claro se ela irá cancelar os shows ou se irá realizá-los em outras datas.

Horas depois do ataque, em uma publicação no Twitter, Ariana comentou a tragédia dizendo que estava "devastada". "Do fundo do meu coração, eu sinto muito. Não tenho palavras", lamentou. De acordo com a Us Weekly, a cantora voltou para casa, na Flórida, imediatamente após o acidente. Depois, diversos outros artistas, como Drake, Harry Styles, Rihanna e Katy Perry também lamentaram o ocorrido nas redes sociais.