Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Arlindo Cruz faz tratamento com base do óleo de cannabis

Sambista sofreu um AVC em 2017 e desde então passa por cuidados médicos

Redação Publicado em 09/11/2022, às 15h58 - Atualizado às 15h59

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Arlindo Cruz e filho Arlindinho (Foto: reprodução / Instagram)
Arlindo Cruz e filho Arlindinho (Foto: reprodução / Instagram)

Arlindo Cruzestá fazendo um novo tratamento à base de óleo de cannabis. O cantor sofreu um AVC em 2017 e desde então se afastou dos palcos. Babi Cruz, sua esposa, afirmou que Arlindo está experimentando novos medicamentos e tem apresentado melhoras (via O Globo).

"O tratamento já vem mostrando resultados significativos em aspectos físicos e cognitivos. Esse é só o início, poeta. Estamos muito esperançosos", disse a mulher do cantor, compartilhando um vídeo dele tomando sol no perfil do Instagram do sambista, completando: "Essa vitória é nossa". 

Em agosto, Flora Cruz, filha do cantor, contou como é a rotina do pai em entrevista ao Extra.

— Encaixamos nossa rotina à dele. Não abrimos mão dos momentos juntos. Tenho certeza de que meu pai está vivo pelo amor que tento passar a ele, nosso e dos fãs, mostrando fotos e vídeos — descreve Flora.

Arlindo será o homenageado do Império Serrano no carnaval de 2023. "Lugares de Arlindo" é o enredo que a Verde e Branco vai levar para a Avenida. 


Filho de Arlindo Cruz comenta vício do sambista em cocaína: 'Só fez mal a ele'

Arlindo Cruz é músico, compositor, um dos maiores nomes do samba e pagode brasileiros e ex-integrante do grupo Fundo de Quintal. No entanto, sofreu durante a vida inteira com um vício em drogas, como contou o filho Arlindinho, em entrevista ao canal do jornalista Rica Perrone, nesta quarta, 22 de setembro.

De acordo com informações da Isto É, o sambista lutava contra o vício em drogas, especialmente a cocaína, desde a infância dos filhos. Em março de 2017, estava passando por uma fase ótima, afastado do álcool e das drogas há meses. Segundo o filho, "ele já tinha se tratado algumas vezes, mas nunca tinha conseguido tanto tempo. Desde quando eu acompanho a vida dele, nunca tinha visto meu pai tanto tempo sem beber, sem usar droga alguma."

+++LEIA MAIS: Samba, rap e hip-hop: histórias que aprendemos com o documentário AmarElo - É Tudo Pra Ontem, do Emicida

Foi então que sofreu um AVC hemorrágico, do qual não se recuperou completamente. Passou um ano e três meses internado, segundo o G1, mas mostra evolução com sessões frequentes de fonoaudiologia e fisioterapia.

Na entrevista, Arlindinho revelou como tenta não tocar no assunto, assim como o pai não tocava quando ele e a irmã, Flora, eram crianças. "Ele contou já se tratando da cocaína. Eu sempre soube, ele me contou com uns 11, 12 anos," contou a Rica Perrone. O cantor seguiu os passos do pai na indústria musical e não deixa de exaltá-lo e elogiá-lo: "Um cara tão vencedor, tão inteligente, genial, amigo, educado."

+++LEIA MAIS: Consciência Negra: Péricles e Projota unem forças em 'Homem Invisível', samba-rap sobre origem e superação

No entanto, Arlindinho reconhece como o vício impactou a vida do pai e como foi difícil se libertar da influência das drogas. Descreveu o sambista como "bom para todo mundo." "Meu pai só fez mal para ele mesmo. E ele sendo esse cara maravilhoso, tinha um calcanhar de Aquiles, uma fraqueza. Um vício que mexe muito no sistema nervoso central, e para se libertar, foi muito difícil."