Arquiteto do rock, Jerry Lee Lewis sofre um AVC e está internado nos EUA

Artista tem 83 anos e, segundo comunicado, está acompanhado de familiares

Rolling Stone EUA Publicado em 04/03/2019, às 07h41

None
Jerry Lee Lewis (Foto: John Davisson/Invision/AP)

Jerry Lee Lewis, um dos últimos arquitetos remanescentes do rock dos anos 1950 e ainda ativo nos palcos, foi internado nos Estados Unidos, aos 83 anos. 

Representantes do músico compartilharam, na página de Facebook do artista, a seguinte mensagem para os fãs:

“Na noite passada (quinta, 28 de março), Jerry Lee Lewis sofreu um pequeno AVC. Ele está com sua família, em Memphis, e os médicos esperam que ele tenha uma recuperação completa. Lewis está ansioso para voltar ao estúdio, gravar um disco de gospel e voltar às turnês e se apresentar para seus fãs. Ele agradece pelas orações.

'Porque te restaurarei a saúde, e te curarei as tuas chagas, diz o Senhor' - Jeremias 30:17"

Como Elvis Presley dois anos antes dele, Lewis surgiu pela gravadora Sun Records, de Memphis, com a música “Whole Lot of Shakin’ Going On”, em 1957.

Suas canções, tais quais “Great Balls of Fire”, “High School Confidential” e “Breathless” definiram o gênero rock and roll.

A carreira dele se quebrou quando, em 1958, foi revelado que ele havia casado com uma parente menor de idade, Myra, mas voltou ao estrelato no final dos anos 1960, ao dar passos firmes para dentro da música country.

Quando falou à Rolling Stone EUA, recentemente, Lewis avaliou seu legado, sem modéstia. "Eu criei o rock and roll antes mesmo que eles pensassem na possibilidade de existir o rock and roll", ele disse. "Quando o Elvis surgiu, ele fazia rockabilly. Comigo, veio ‘Whole Lotta Shakin’ Goin’ On', e isso era rock and roll. Foi aí que o nome 'rock and roll' foi colocado como destaque."