Arrested Development deve ganhar adaptação cinematográfica

Série, que revelou nomes como Jason Bateman e Michael Cera, acabou em 2006, após três temporadas; Mitchell Hurwitz criador do programa, prepara roteiro

Da redação Publicado em 05/10/2009, às 10h44

Arrested Development: sobrevida nas telonas

Ver Galeria
(2 imagens)

A série de TV Arrested Development, sobre uma família disfuncional que enfrenta a ruína financeira e a prisão do patriarca, será adaptada às telonas.

O projeto vem sendo comentado há algum tempo, mas ganhou contornos concretos com o anúncio, veiculado pelo site The Hollywood Reporter, de que Mitchell Hurwitz (criador do programa) e James Vallely (coprodutor executivo) estão, neste momento, elaborando o roteiro.

Filmada no formato de pseudodocumentário, a série durou três temporadas, entre 2003 e 2006. À cabeceira do elenco estava Jason Bateman, o filho que deve assumir os negócios do pai encarcerado. Portia de Rossi, Will Arnett, Jeffrey Tambor, Alia Shawkat, Michael Cera e Jessica Walter também atuaram no sitcom, narrado pelo diretor Ron Howard (Frost/Nixon, O Código Da Vinci), outro produtor executivo da série.

No Brasil, a série, rebatizada Caindo na Real, foi transmitida pelos canais Fox, FX e, na TV aberta, pela Rede Globo.

Hurwitz - que desenvolve, paralelamente, Sit Down, Shut Up, série animada para a Fox, mesmo canal de Arrested - já havia afirmado que só começaria a trabalhar no roteiro se todo o lenco principal topasse repetir os papéis na adaptação cinematográfica. Não há, contudo, confirmação definitiva por parte do núcleo principal do seriado. Tarefa difícil será conciliar a agenda dos atores - alguns deles, como Bateman e Cera (ambos no elenco de Juno), viram a carreira decolar a reboque do hype em torno de Arrested Development.

O filme, que pode começar a ser rodado na primavera (inverno, para o hemisfério sul), terá direção de Hurwitz, criador, ainda, do The Ellen Show, programa da atriz e comediante Ellen DeGeneres. A produção será feita pela Fox Searchlight, divisão do estúdio especializada em filmes indies, como o vencedor do Oscar 2009, Quem Quer Ser Um Milionário?.