Artista de K-Pop, Kang Daniel cancela agenda devido a problemas de saúde mental

A empresa que administra a carreira do cantor comunicou que Kang sofre de depressão e ataques de pânico

Redação Publicado em 05/12/2019, às 16h18

None
Kang Daniel (Foto: reprodução/ instagram)

O artista de K-Pop Kang Daniel suspendeu todas as aparições públicas, de acordo com o anúncio feito pela agência que administra a carreira dele. Segundo o pronunciamento, o cantor sofre de depressão e ataques de pânico.

“A prioridade é assegurar repouso suficiente para o artista”, comunicou a Konnect Entertainment, e acrescentou que a depressão de Kang se aprofundou recentemente.

Kang Daniel estreou no mundo do K-Pop em 2017, como um dos 11 integrantes da boy band Wanna One, formada para competir na segunda temporada do reality show de música Produce 101. Porém, após uma disputa judicial com a antiga agência, Kang saiu do grupo e começou carreira solo.

+++LEIA MAIS: Ryan Reynolds tieta estrelas de k-pop EXO: “Faço parte do grupo”

 Kang publicou diversas mensagens no website oficial dele durante a semana que davam indícios de um esgotamento e estresse devido ao processo judicial e compromissos profissionais. “Desde quando era parte do grupo, suportei situações injustas e vários tipos de rumores e estou simplesmente muito cansado”, escreveu na página.

“Minhas fotos ajoelhado no final do show do Wanna One e todas as minhas emoções viraram um objeto de ridicularização… O fato de ser quem eu sou é difícil demais”, confessou em outra postagem.

+++LEIA MAIS: BTS, Blackpink e mais: Os 50 grupos de K-Pop mais populares de 2019, segundo o Tumblr

O anúncio de Kang vem logo antes dele começar a promover o novo single, “TOUCHIN”. O programa Produce 101 também foi paralisado após várias acusações de manipulação das votações dos grupos vencedores, e 8 produtores responsáveis pela atração foram indiciados.

O afastamento de Kang Daniel também faz parte de uma onda acontecimentos trágicos na indústria do entretenimento da Coreia.

Nos últimos dois meses, as atrizes e cantoras de K-Pop Sulli e Goo Ha-ra, e também o ator de 27 anos Cha In-ha, foram encontrados mortos em suas respectivas residências, e a polícia informou que todos supostamente cometeram suicídio. As mortes levantaram mais debates sobre um possível lado sombrio da indústria das celebridades coreanas.  

+++ SCALENE SOBRE RESPIRO: 'UM PASSO PARA TRÁS, RESPIRAR E VER AS COISAS DE UMA FORMA NOVA'