Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Posicionamento

Artistas assinam carta em apoio a Gerard Depardieu, acusado de assédio sexual

Nomes como Carla Bruni e Charlotte Rampling elegam que o colega é vítima de uma ‘torrente de ódio’

Gerard Depardieu (Foto: Clemens Bilan/Getty Images)
Gerard Depardieu (Foto: Clemens Bilan/Getty Images)

Nomes importantes do mundo artístico se posicionaram em favor do ator francês Gerard Depardieu, que, recentemente, foi acusado de assédio por diversas mulheres. A modelo, cantora e ex-primeira dama da França, Carla Bruni, é uma das signatárias da carta, bem como a atriz britânica, Charlotte Rampling

O nome do ator volta a estar atrelado a esse tipo de denúncia — Depardieu já havia sido acusado de agressão sexual em 2021. A denúncia mais recente foi feita pela atriz Hélène Darras, que alega que ele a teria apalpado em 2007. Na última semana, Emmanuel Macron defendeu o ator publicamente, afirmando que ele “deixa a França orgulhosa”.

+++LEIA MAIS: Emmanuel Macron defende Gerard Depardieu em meio a alegações de agressão sexual: 'deixa a França orgulhosa'

A carta em favor do ator foi publicada em um dos mais ilustres jornais franceses, o Le Figaro no dia de Natal e diz que  “quando Gérard Depardieu é atacado desta forma, é a arte que está a ser atacada”.E continua afirmando que o ator "é provavelmente o maior de todos os atores. O último monstro sagrado do cinema. Não podemos mais ficar calados diante do linchamento que se amontoa sobre ele, diante da torrente de ódio que se derrama sobre sua pessoa, sem nuances, no mais completo amálgama e com desprezo por uma presunção de inocência que ele teria desfrutado, como todo mundo, se não fosse o gigante do cinema que é.”

Outros signatários incluem Bertrand Blier, Nathalie Baye, Carole Bouquet, Jacques Weber, Pierre Richard, Gérard Darmon e Jacques Dutronc. Depardieu respondeu à carta chamando-a de “corajosa” e “linda”.

+++LEIA MAIS: Gerard Depardieu publica carta aberta se defendendo de acusação de agressão sexual: ‘Não sou estuprador, nem predador’