Artistas comentam indicações ao Grammy 2012

“Só agora a ficha está começando a cair”, disse Skrillex, que concorre em cinco categorias; ele é o primeiro representante da música eletrônica indicado a disputar o prêmio de revelação

Steve Baltin/Redação Publicado em 02/12/2011, às 13h01 - Atualizado às 16h24

Skrillex
AP

As indicações ao Grammy 2012 na última quarta, 31, trouxeram anúncios já esperados (Adele, Kanye West e Lady Gaga) e os inesperados (Bon Iver e Mumford & Sons acenando nas categorias gravação e música do ano). Mas talvez nenhum momento trouxe mais responsabilidade do que o artista de dubstep Skrillex, 23 anos, entrando na prestigiosa categoria de melhor artista revelação, ao lado de nomes como Nicki Minaj e o sucesso country The Band Perry.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

A indicação de Skrillex, a primeira na categoria para um artista de dance music, foi comemorada por Jason Bentley, DJ de Los Angeles, como “um momento histórico para a música eletrônica”, em seu Twitter. Adicione Skrillex (cujo nome verdadeiro é Sonny Moore) entre os que ficaram chocados. Falando à Rolling Stone EUA na última quinta, 1, ele disse: “Só agora a ficha está começando a cair.”

Mas, à medida que ele está começando a digerir suas cinco indicações, tudo ainda parece irreal para ele. “Eu nem sequer cogitava que era possível qualquer indicação, talvez num Dubstep Music Awards, que aconteceu este ano em Londres. Mas eu não pensei que eu teria qualquer indicação como essa ao Grammy”, disse Moore.

A surpresa de Moore foi totalmente justificável, mas Bruno Mars contou à imprensa, no backstage, que ele não estava chocado pelas suas seis indicações. Perguntado se ele estava esperando que algo como isso acontecesse, ele disparou: “Ah, sim. Você acha que eu estou fazendo isso pelo que, diversão?”

Entretanto, falando mais sério, ele disse que ficou muito feliz com “Grenade” estando nas indicações de gravação e música do ano. “É uma sensação incrível", disse ele, comentando a respeito da faixa. “Esta é a música em que mais trabalhamos duro. É o nosso troféu bem ali.”

Mars se apresentou na premiação no ano passado e, com suas seis indicações, parece provável que ele toque novamente este ano. O Grammy é famoso, é claro, por seus duetos. Se ele pudesse escolher seu parceiro dos sonhos, qual seria? “Prince, com certeza”, disse ele, complementando que “se ele estiver ouvindo, meu número é 1-800-Grenade.”

Skrillex teve uma escolha mais óbvia, no entanto. “Seria legal fazer algo com os Doors porque eu acabei de fazer coisas em uma faixa com eles”, nos disse ele, se referindo ao seu trabalho com o grupo no ainda inédito filme ReGeneration.

Os companheiros de indicação de Skrillex a artista revelação, do The Band Perry, deram uma dica para o que seria o parceiro perfeito de Grammy quando fizeram uma prévia de “Free Fallin’”, de Tom Petty, em sua performance no especial dos indicados. “Sempre fomos apaixonados por Tom Petty. Ele é uma grande influência para nós, com sua sensibilidade para compor”, contou Kimberly Perry à Rolling Stone EUA.

O grupo vem tocando a música desde o início do ano, mas ainda tem que ouvir a opinião de Petty sobre sua versão. "Nossos dedos estão cruzados a cada que vez que tocamos aquilo ao vivo, para que qualquer pessoa que conheça ele ou seja amigo de alguém passe isso adiante", diz Reid Perry. “Eu acho que você nos pegou”, disse Kimberly, rindo. “Nós apenas tocamos ‘Free Fallin’’ para chamar a atenção de Tom Petty.”

Skrillex vem ao Brasil em abril de 2012, como parte do line-up do Lollapalooza Brasil, que acontece em São Paulo entre os dias 7 e 8 de abril. Já Bruno Mars se apresente nos dias 24, 25, 26 e 28 de janeiro em quatro cidades brasileiras, como parte do Summer Soul Festival.