Artistas de maquiagem recriam looks de David Bowie durante quarentena

Maquiagens abordam diversos momentos da carreira do cantor

Redação Publicado em 20/04/2020, às 08h13

None
David Bowie como Ziggy Stardust (Foto: Reprodução)

Durante este período de quarentena, para conter o avanço do novo coronavírus, várias pessoas fazem diversas atividades para lidar com o isolamento social. Então, seis artistas de maquiagem, Grace Ahn, Justin Lentz, Phoebe Ogan, Rachael Vang, Valerie Harvey e Ivan Castro, se juntaram para fazer mais uma edição da série Makeup Houseparty. Desta vez, eles recriaram looks icônicos de David Bowie.

A série, que existe já há alguns anos, consiste em os artistas se juntarem em chamadas de vídeo para cada um fazer uma maquiagem sobre algum tema. Em entrevista à Vogue, Lentz, que trabalhou na turnê Madame X antes de ser cancelada devido ao covid-19, falou sobre a positividade da Makeup Houseparty nesse período: "Conectar-me com meus colegas artistas e compartilhar os resultados tem sido uma salvação nesses tempos de incerteza".

+++LEIA MAIS: Morrissey lista as 13 músicas que inspiraram The Smiths

A revista conversou com todos os artistas. Valerie Harvey explicou o motivo da escolha de Bowie como o tema da vez. "A originalidade estética e inovadora de David Bowie foi algo que inspirou tantos cantos da minha vida, estilo pessoal e arte", disse.

Ela ainda adicionou: "Tendo alimentado essa obsessão por Bowie por décadas, quando começamos a fazer essas festas em quarentena e a apresentar temas, Bowie foi naturalmente minha primeira sugestão ao nosso grupo".

+++LEIA MAIS: Supla regrava 'Jealous Guy', clássico solo de John Lennon: 'Sem compromisso' [VÍDEO]

Veja abaixo a maquiagem de cada artista e o que cada um falou na conversa com a Vogue.

Valerie Harvey

"Eu tenho uma obsessão profunda e de longa data com David Bowie, suas músicas e filmes. Desde o momento em que o descobri quando jovem, morando em South Central, Los Angeles, enquanto todo mundo estava imerso na cultura do rap, Bowie fazia mais sentido para mim".

"Eu fiz de tudo para recriar o visual da capa de Aladdin Sane, porque essa foi a primeira imagem que eu vi dele, o que imediatamente despertou um desejo insaciável de saber tudo sobre quem era esse homem bonito. Esse visual é iconicamente Bowie e a imagem perfeita de sua abordagem original e invertida da arte, da música e da liberdade de expressão de homens e mulheres".

"Foi uma honra ter feito esse visual entre o talentoso grupo de artistas com quem sou amiga há 15 anos. Eu amo como todo o tributo rolou. É o meu favorito até agora!".


Grace Ahn

"Essa maquiagem para a capa do álbum Ashes to Ashes de Bowie é o meu visual favorito de maquiagem. Eu amo o estilo Pierrot que o grande maquiador Richard Sharah criou. Eu acho que o que mais me atraiu é que é uma fantasia completa criada apenas com maquiagem. Também o trabalho de Richard Sharah é tão distinto e me inspirou a ser a maquiadora que sou hoje".


Ivan Castro

"Para mim, David Bowie foi uma força que ajudou a mudar o paradigma das normas de gênero, obscurecendo as linhas de masculinidade e feminilidade através de sua arte. Quando meus amigos e eu estávamos decidindo o que recriar, o que veio à mente instantaneamente foi o visual superlativo que o lendário maquiador Pierre Laroche criou para sua personagem icônica de Ziggy Stardust".

"Eu sempre sou atraído por cores e texturas que criam justaposições interessantes e essa imagem foi o auge disso. E que artista não ama o drama de uma paleta de vermelho e dourado?".

+++LEIA MAIS: O dia em que os Beatles acabaram e a música pop chorou [ESPECIAL]


Justin Lentz

"Seu álbum de maiores sucessos, Best Of Bowie, foi a escolha número um para eu recriar, pois é uma pequena fatia das épocas mais icônicas de sua carreira. Em retrospectiva, um bônus adicional desse visual foi poder finalizá-lo rápido o suficiente para realmente apreciar o bate-papo que temos em todas as sessões sobre por que o assunto significa muito para nós".


Rachael Vang

"Para o meu visual de David Bowie, escolhi o personagem Goblin King Jareth, de Labyrinth. Quando criança, assistindo a este filme, fiquei admirado com toda a fantasia e aventura. Isso me fez querer capturar um personagem mais sombrio dele, já que ele tem tantas facetas em seu repertório. Foi divertido fazer maquiagem que não era bonita e dar o meu toque pessoal para torná-la mais sinistra".

+++LEIA MAIS: Tudo o que aconteceu no One Direction após a saída de Zayn Malik


Phoebe Ogan

"David Bowie... Eu ouvi a música dele a vida toda. Eu escolhi o lindo álbum Pin Ups com Twiggy. As cores e a vibe dos anos 70 realmente falaram comigo. Sair da minha zona de conforto e essencialmente me tornar outra pessoa é o que essa maquiagem tem tudo a ver. O desafio de tirar todo o meu cabelo do rosto e criar esse visual me deu uma nova confiança".


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA