Assassinatos, tortura e obsessão: as 7 piores atitudes de Joe, protagonista de You, série da Netflix [LISTA]

A série protagonizada por Penn Badgley ganhou dez novos episódios em dezembro

Isabela Guiduci Publicado em 11/01/2020, às 11h00

None
Penn Badgley em You (Foto: Reprodução)

[O texto contém spoilers de You]

You narra a história do carismático e perigoso Joe Goldberg, interpretado por Penn Badgley, que é obsessivo e stalker. Um rapaz com problemas com a mãe que quer desesperadamente encontrar um amor e ser amado - custe o que custar. 

Por duas temporadas, Joe investiga a vida das pessoas que rodeiam quem ele ama e quer saber tudo sobre quem ele ama - mesmo que isso signifique passar por cima da confiança da "amada". 

+++LEIA MAIS: 6 razões para assistir a Fleabag, vencedora do Emmy e Globo de Ouro

Ainda, de acordo com o showrunner de You, Joe não é um sociopata. No entanto, é um personagem único, assustador, multidimensional e complexo. A série original Netflix permite que o público entre na mente confusa do protagonista e enxergue o mundo pelos olhos dele. 

O personagem tem atitudes negativas pensando que ajudará positivamente na vida daqueles que ele diz amar e sempre busca uma maneira de justificá-las e acreditar que é o herói da narrativa. Mas, não é nada disso e assim, listamos as 7 piores atitudes de Joe ao longo das duas temporadas:

+++LEIA MAIS: O que esperar da segunda temporada de Titãs, na Netflix


Colocou Benji em uma jaula e o matou 

Ok, realmente Benji não tem atitudes legais com Beck, mas isso não explica a tortura psicológica que Joe fez. Além de, posteriormente, matá-lo. O personagem é dificilmente uma ameaça para o mundo, exceto para a baixa auto-estima de mulheres e de Guinevere Beck, a paixão obsessiva do protagonista - que acredita ter sido um herói ao matar Benji.


Matou Peach

Peach Salinger tinha a mesma obsessão por Beck que Joe tinha, mas era secreta. Graças ao dinheiro e influência sobre a amiga, Peach tornou-se uma concorrente perigosa do protagonista - na mente dele.

Joe está certo: Peach representa uma ameaça para Beck, mas é irônico que ele seja capaz de separar as ações dela das deles quando são praticamente as mesmas atitudes. Assim, o personagem brutalmente a golpeia com uma pedra e tira a vida dela.


Sequestra Candace e a enterra viva

É preciso esperar até a segunda temporada para entender a história de Candace Stone e Joe. E, os novos episódios mostram quando o personagem a enterra em uma cova rasa. No entanto, a ex-namorada não consegue obter justiça e resolve se vingar com as próprias mãos.

Mas, Joe fica dizendo que ela é a louca obcecada e Candace tem um fim trágico, porque está genuinamente preocupada com os Quinn e acaba morta pela própria Love - atual de Joe.

Candace é uma mulher que sofreu demais, foi dispensada pelo sistema de justiça, desprezada pelas pessoas que está tentando proteger e rotulada como louca pelo agressor.


Assassina um mafioso russo 

Joe mata um mafioso russo envolvido com Will - personagem que Joe prendeu na jaula para viver a vida dele em Los Angeles.

E, embora na primeira temporada Joe mal conseguiu descartar o corpo de Benji, com Jasper, além do protagonista o matar, coloca o corpo dele em um moedor de carne - e é bem perturbador.


Prende Delilah

Delilah já foi estuprada, e tudo o que quer é proteger outras mulheres, principalmente a irmã mais nova. Joe enlouquece a vida de Delilah e Ellie, destruindo-as no momento em que prende a vizinha na jaula. Isso porque, mesmo que ele tivesse "deixado" ela sair, ele já tinha envolvido-a na vida conturbada que ele leva. 


Assassina Beck 

Beck descobre o que Joe fez, e é quando o pensamento ilusório de Joe se torna contraditório. Ele a mantém refém e a força a escrever. Pelo menos Beck começa a dizer tudo o que qualquer pessoa sã assistindo deve estar pensando. Quando ela quase escapa, o protagonista a mata. 

Mas, para ele, o amor que deu errado, e a única responsabilidade que ele assume é ter escolhido a garota errada.


Morte de Forty

Embora não seja diretamente, Joe é o principal responsável pela morte de Forty, assim como a de Delilah. Ele envolve Forty na história e culpa a família Quinn para Ellie, irmã de Delilah. Logo, o policial apaixonado por Delilah acredita que o culpado na história é Forty - que está apontando uma arma para Joe - e o mata.


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'