Astro de Two And a Half Men rebate crítica de que Charlie Sheen carregou série: 'Durou mais 4 anos e ganhei o Emmy'

Jon Cryer respondeu a comentários do congressista republicano Matt Gaetz

Redação Publicado em 08/09/2020, às 09h41

None
Two and a Half Men (foto: reprodução/ Warner)

Jon Cryer, o eterno Alan de Two and a Half Men, entrou em uma discussão no twitter com o congressista do partido republicano Matt Geatz após ele ter apoiado o oponente dele publicamente. 

Cryer declarou não só apoio ideológico mas também com doações ao democrata Phil Ehr além de criticar a atuação de Geatz no tuíte abaixo:

"O republicano Matt Gaetz se aliou a um supremacista branco, tentou intimidar uma testemunha federal e endossou um fanático sociopata que aplaudiu as mortes de migrantes no congresso", tuitou Cryer.

+++LEIA MAIS: Conchata Ferrell, a Berta em Two And a Half Men, está internada após ataque cardíaco

Em seguida, Gaetz rebateu as críticas do ator dizendo que Charlie Sheen era o responsável pelo sucesso de Two and a Half Men:

"Charlie Sheen carregou Two and a Half Men'", escreveu o político.

Cryer também respondeu: "É por isso que, depois que ele saiu, o programa durou mais quatro anos e eu ganhei um Emmy como melhor ator de comédia?".

Em resposta, o republicano ironizou: "O que é um Emmy? Um prêmio que Hollywood dá a si mesmo? Eu ganho eleições", escreveu.

+++LEIA MAIS: Série de Jim Carrey é cancelada após duas temporadas

Em seguida, Cryer ressaltou que sua resposta ao republicano não foi uma crítica a Charlie Sheen. "Ele foi sem dúvida a estrela do show. E um ator fantástico. Apesar dos problemas dele, tivemos mais altos do que baixos. Mas você não pode dizer que ele carregou um programa que durou mais quatro anos sem ele", argumentou.


+++ DESAFIO! FREJAT ESCOLHE OS MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO