Atlanta, de Donald Glover, previu novo disco de Justin Bieber?

Na série, "Justin Bieber negro" anuncia disco Justice

Marina Sakai | @marinasakai_ (sob supervisão de Camilla Millan) Publicado em 19/03/2021, às 20h58

None
Capa de Justice, sexto disco de estúdio de Justin Bieber (Foto: Reprodução/Divulgação) / Atlanta (Foto: Reprodução/Divulgação)

Atlanta (2016), de Donald Glover, vai além de retratar o cenário do rap da cidade e é conhecida por abordar questões raciais com humor e sarcasmo. Nesta sexta, 19 de março, Justin Bieber lançou o novo disco, Justice, e a série teve seu momento Simpsons (1989) de prever algo: o próprio nome do disco.

Um fã percebeu a referência e publicou a cena no Twitter. A série teve a participação do Justin Bieber negro” no episódio “Nobody Beats The Biebs.” Na produção, a estrela pop faz uma coletiva de imprensa, fala da relação com Deus e tenta provar ser um homem bom. Ao final, canta uma música do novo álbum fictício, Justice.

+++LEIA MAIS: Atlanta, The Get Down e mais: 13 produções acerca da cultura hip-hop [LISTA]

Os roteiristas de Atlanta certamente não sabiam que o Bieber real acabaria usando o título para o novo disco. Ele viu a série e se inspirou no nome ou foi tudo uma coincidência?

+++LEIA MAIS: Série Atlanta, de Donald Glover, é renovada para quarta temporada, antes mesmo da gravação da terceira

Áudios polêmicos

Justice traz duas gravações de Martin Luther King Jr., ativista estadunidense pelos direitos civis da população negra, morto em 1968. Bieber foi muito criticado por incluir os áudios. As informações são do Vulture.

Veículos e ouvintes desaprovam a escolha por causa da junção do pop romântico e letras sobre Hailey Bieber, esposa do cantor, com temáticas relacionadas a King.

+++LEIA MAIS: Justin Bieber anuncia Justice, novo disco de estúdio um ano após Changes

O roteirista Kirk A. Moore, de 13 Reasons Why (2017), escreveu: “Ninguém na gravadora pensou em dizer a ele… Não é isso? Não sei por que estou tão chateado. Mas estou chateado. É estúpido.”

Entretanto, a filha de King, Bernice, fez um tweet agradecendo ao cantor. “Cada um de nós, incluindo artistas, pode fazer algo. Obrigada, Justin,” escreveu. Segundo ela, o cantor fará um trabalho em parceria com o King Center, ONG mantida pela família para continuar o legado do ativista com “mudanças sociais não violentas."


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ HUNGRIA HIP HOP | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL