Ato virtual reunirá FHC, Temer, Boulos e Haddad e é comparado com Diretas Já por jornal

O evento foi organizado por Fernando Guimarães, ex-PSDB e coordenador do grupo Direitas Já

Redação Publicado em 24/06/2020, às 09h06

None
Protesto realizado em maio de 2020 contra Jair Bolsonaro (Foto: Andressa Anholete / Getty Images)

Fernando Guimarães, ex-PSDB e coordenador do grupo Direitas Já, organizou um ato virtual que, segundo a coluna Painel, do jornal A Folha de S.Paulo, "representará a mais robusta união até agora dos movimentos pró-democracia e, consequentemente, de oposição ao bolsonarismo."

+++ LEIA MAIS: Frase sobre antifascista compartilhada por família Bolsonaro não é de Winston Churchill, nem de Saramago - ou de ninguém conhecido

O Brasil não viu uma reunião tão ampla quanto essa”, disse Guimarães. “O ato assume o papel de ser um grande palanque, como foram as Diretas. A gente vai se imaginar no Vale do Anhangabaú.”.

 

Participantes

Ainda de acordo com a Folha de S.Paulo, o evento deve contar com os ex-presidentes FHC (PSDB), José Sarney (MDB) e Michel Temer (MDB), dos expoentes da esquerda e do centro e de ex-candidatos à presidência.

+++ LEIA MAIS: Bolsonaro responde ‘sai daqui’ para apoiadora que questiona 38 mil mortes por coronavírus

Ainda, nomes Luciano Huck, Flávio Dino (PC do B-MA), Bruno Araújo (PSDB) e os ex-candidatos Fernando Haddad (PT), Ciro Gomes (PDT) Guilherme Boulos (PSOL) e Marina Silva (Rede) foram confirmados pela organização.

 


+++ A PLAYLIST DO SCALENE