Ator da série Você, Chris D'Elia é acusado de expor órgão genital a mulheres em público

Ator e comediante nega as acusações

Redação Publicado em 04/09/2020, às 10h08

None
Chris D'Elia (Foto: Chris Pizzello/Invision/AP)

O ator e comediante Chris D'Elia, conhecido por interpretar Henderson em Você (série original Netflix), foi acusado de expor órgão genital a três mulheres em público, sem o consentimento de nenhuma delas. Quem divulgou as denúncias foi a CNN. Em junho deste ano, ele se encontrou em outra polêmica e foi acusado de mandar mensagens de teor sexual para fãs menores de idade.

De acordo com os advogados do comediante, todas as acusações são falsas e ele nunca teve "qualquer atividade sexual com qualquer mulher sem permissão". Uma das acusações, na matéria do veículo, veio de Megan Drust. Ela afirmou que D'Elia pediu uma carona depois de encontrar com amigos em comum em um bar de Los Angeles, no ano de 2011.

+++LEIA MAIS: Clarke Peters se arrepende de ter achado Chadwick Boseman esnobe no set de Da 5 Bloods

"Eu já conhecia Chris de outros encontros como aquele, já havíamos nos visto umas quatro ou cinco vezes. Eu tinha marcado ele como 'seguro', o que na minha cabeça quer dizer que é um homem, mas não é ameaçador", explicou. 

Então, quando eles entraram no carro, o então amigo de Drust começou agir de maneira estranha: "Ele entrou e ficou me olhando de um jeito estranho, começou a flertar de uma maneira que não se encaixava no momento. Daí ele abriu o zíper das calças e me pediu para tocá-lo".

Megan Drust recusou a atender Chris D'Elia, e então ele teria começado a se masturbar. "Ele não parou até gozar dentro das próprias calças. Daí ele fechou o zíper e saiu do carro. Enquanto eu estava indo embora, ele ficou me olhando dessa forma esquisita", revelou. A atriz falou que chorou no caminho inteiro para casa.

+++LEIA MAIS: Will Smith fica desconfortável com filha adolescente, Willow, contando TUDO para ele: 'Você precisa mentir'

Já a segunda acusação trazida pela CNN vem de uma ex-gerente de hotel, situado em Cleveland, Estados Unidos, onde, em março de 2018, o comediante fez um show stand-up. Ela preferiu não falar o nome.

De acordo com a suposta vítima, D'Elia ligou na recepção do hotel aproximadamente à meia-noite, para reclamar de problemas com o ar condicionado. No entanto, o eletricista do hotel só chegaria pela manhã, então a ex-gerente quem subiu para tentar dar um jeito. Quando ela chegou ao quarto, o ator estava completamente nu.

Ela disse ter virado as costas e retornado à recepção, mas o comedianter ligou outras vezes e pediu para o problema ser consertado. A ex-gerente se recusou e reportou a situação ao chefe dela no dia seguinte.

"A administração tratou aquilo como se não fosse nada demais, porque não é algo incomum de se acontecer no ramo da hotelaria — só que dessa vez tinha sido alguém famoso que tinha feito isso", comentou. "Não quis chamar a atenção, para não perder o emprego".

+++LEIA MAIS: The Boys: TODOS os podres e atrocidades cometidos pelos super-heróis da série da Amazon Prime Video

O terceiro e último relato veio de Laura Vitarelli. Ela falou sobre ter se encontrado com Chris D'Elia nos bastidores de um stand-up de 2015, no interior de Nova York, EUA. De acordo com a acusação, o artista teria convidado ela e uma amiga, ambas de 19 anos, para uma festa.

Segundo Vitarelli, o comediante fez drinques para as duas, pediu para elas se sentarem no sofá e indicou que mais convidados chegariam. Ele então se sentou no meio das duas e "deslizou suas mãos pelas costas delas, imediatamente começando a apalpá-las".

Ela continuou a contar sobre a situação: "Quando nos levantamos e inventamos alguma desculpa para ir embora, ele se levantou junto conosco e expôs o seu pênis, que estava completamente ereto. Ele disse: 'Vocês têm certeza que querem ir?'. Saímos correndo de lá".

+++LEIA MAIS: John Boyega defende trabalho de J.J. Abrams em A Ascensão Skywalker

Das três mulheres, Laura Vitarelli foi a única a entrar com denúncia formal contra Chris D'Elia. "Vamos trabalhar incansavelmente para trazer a ela alguma medida de justiça pelo que sofreu", explicou o advogado Jay Ellwanger.


+++ DESAFIO! FREJAT ESCOLHE OS MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO