Ator de Homem de Ferro é preso pelo FBI por vender ‘cura’ para o COVID-19

Nome do ex-jogador de basquete Earvin “Magic” Johnson foi envolvido na fraude

Redação Publicado em 27/03/2020, às 08h49

None
Robert Downey Jr. em Homem de Ferro, e Keith Middlebrook (Foto: Reprodução Marvel/Instagram)

Com a pandemia de coronavírus, doença ainda sem cura, várias opções de tratamento alternativo sem comprovação científica circulam na internet. Keith Middlebrook, ator de Homem de Ferro 2, foi preso pelo FBI por vender pílulas anunciadas como tratamento para COVID-19.

A prisão em flagrante ocorreu na última quinta, 26, durante uma ação disfarçada do FBI. Um policial recebeu as pílulas ao se passar por potencial investidor. Segundo nota divulgada pela agência norte-americana, ao menos dois milhões de pessoas visualizaram o vídeo de Middlebrook com o anúncio de uma cura “com patente pendente” para coronavírus.

+++ LEIA MAIS: Evangeline Lilly pode deixar o MCU depois de comentários sobre o novo coronavírus, diz site

Além de prometer cura e prevenção contra o COVID-19, Middlebrook anunciou o ex-jogador de basquete Earvin “Magic” Johnson como membro do comitê de direção da empresa responsável pelo desenvolvimento do produto, mas o atleta não tinha envolvimento algum com o projeto.

Middlebrook já realizou pontas em grandes filmes como Homem de Ferro 2, Thor e Jogada de Risco. Caso condenado, a pena pode chegar aos 20 anos de cadeia.


+++ CORONAVÍRUS: DEVEMOS REALMENTE CANCELAR SHOWS E EVENTOS?