Ator fala pela primeira vez sobre ter desistido de protagonizar Cinquenta Tons de Cinza

Charlie Hunnam já estava escalado como Christian Grey, mas desistiu; por enquanto, ninguém foi anunciado como substituto

Redação Publicado em 22/10/2013, às 12h17 - Atualizado às 12h21

Charlie Hunnam
Chris Pizzello/AP

Charlie Hunnam resolveu quebrar o silêncio a respeito de sua desistência de viver o milionário Christian Grey em Cinqüenta Tons de Cinza. O ator da série Sons of Anarchy falou com o canal E! sobre a adaptação do livro de sucesso e disse que “tinha alguns problemas familiares”.

Crítica: ainda que seja literatura barata, Cinquenta Tons de Cinza estimula o mercado a olhar para a pornografia voltada à mulher.

Quando questionado sobre como estava se sentindo na ocasião, que marcou a primeira aparição dele em público desde que saiu do projeto, ele respondeu: “Estou bem. Estou me concentrando no trabalho. Tenho me mantido bem ocupado”, disse. “Tive algumas questões familiares acontecendo e estou tentando me manter focado e positivo, tentando fazer um bom trabalho e ficar com a minha família”.

De acordo com o site do canal, o pai de Charlie morreu no último mês de maio e que Charlie voltou ao país para ficar com a família, na época. Atualmente, ele está terminando de gravar Sons of Anarchy. Depois, deve retornar para a Inglaterra para ver a família novamente.