Atriz de Azul É A Cor Mais Quente retorna ao papel de Bond Girl

Cary Fukunaga, o novo diretor de 007, afirmou que Léa Seydoux é uma das melhores atrizes do mundo

Redação Publicado em 07/12/2018, às 13h53

None
Léa Seydoux como Dr. Madeleine Swan em 007 Contra Spectre (Foto: Reprodução)

A francesa Léa Seydoux, a Dr. Madeleine Swan de 007 Contra Spectre (2015), deve voltar a interpretar a personagem em Bond 25. A informação é do Daily Mail.

Léa ganhou notoriedade ao interpretar Emma, no polêmico filme Azul É A Cor Mais Quente, de 2013.

Ainda segundo o jornal britânico, os atores Ralph Fiennes (M), Naomie Harris (Moneypenny) e Ben Whishaw (Q) também devem retornar para a sequência como o trio do MI6 – o Serviço Secreto Britânico.

O jornalista Baz Bamigboye afirmou que as revelações foram feitas pelo próprio Cary Joji Fukunaga, o já anunciado diretor responsável pelo Bond 25. Segundo Bamigboye, Fukunaga e o atual James Bond, Daniel Craig, quiseram Léa Seydoux de volta ao papel.

“Você tem alguns dos melhores atores do mundo aqui, por que eu não teria os melhores de volta?”, brincou o diretor.

Esta será a segunda vez que uma atriz interpreta a mesma Bond Girl em dois filmes de 007.

A primeira vez aconteceu em 007 Contra o Satântico Dr. No (1962): Eunice Grayson viveu Sylvia Trench e, depois, retornou à personagem em Moscou Contra 007 (1963). O James Bond, à época, era vivido por Sean Connery.

Com estreia marcada para 14 de fevereiro de 2020, Bond 25 ainda não tem título oficial e é o quinto filme em que o agente secreto é interpretado por Daniel Craig.