Atriz de Dona Florinda, Meza desabafa sobre fim de exibição de Chaves: ‘Golpeia a memória’

A esposa de Roberto Bolaños disse que nem foi convidada para as negociações que encerraram o contrato

Redação Publicado em 03/08/2020, às 07h47

None
Florinda Meza em Chaves (foto: Reprodução/ Televisa)

Florinda Meza, eterna intérprete da Dona Florinda e esposa de Roberto Bolaños, criador de diversos programas como Chaves e Chapolin, falou recentemente pela primeira vez sobre o final repentino dos contratos de exibição dos programas.

"O que eu acho do programa Chespirito (que abarca todas as criações de Bolaños) sem transmissão? Embora eu não tenha nada a ver com isso, porque inexplicavelmente não fui convocada para as negociações, acho que agora, quando o mundo precisa de mais diversão, isso se torna uma agressão a todas as pessoas", disse Meza no Twitter.

 

+++LEIA MAIS: Como Beyoncé revolucionou a música pop (de novo) com discos visuais?

A atriz ressaltou o valor cultural dos programas: "Além disso, isso vai contra seus próprios interesses comerciais, porque neste momento queremos ver tudo o que nos lembra um mundo melhor. Chespirito já é um programa cultuado. Faz parte do DNA dos latinos, nós o carregamos na memória genética."

"Pretender eliminá-lo é um movimento pouco inteligente. É triste ver como em sua própria casa, que deu milhões de dólares, é onde se é menos valorizado. Eu nunca pensei que isso poderia acontecer, mas pela primeira vez eu encontrei um motivo para dizer o quão bom meu Rober não estar nesse mundo! Esse ato incompreensível golpeia sua memória e o que ele mais respeitava: o público", afirmou Florinda.

+++LEIA MAIS: Machismo, sexualização e assédio: 6 problemas de Barraca do Beijo 2 que precisam ser discutidos

Por fim, disse: "Talvez alguns executivos sem visão queiram apagá-lo, mas no coração e na memória dos bons que sempre o seguiram, ele estará mais vivo do que nunca", desabafou.


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS