Atriz de ‘Fuller House’, Lori Loughlin, admite culpa e aceita prisão

Marido da atriz também foi condenado

Redação Publicado em 22/05/2020, às 09h45

None
Lori Loughlin e John Stamos em Fuller House (Foto: Reprodução/Netflix)

Lori Loughlin, intérprete da tia Becky em Três é Demais e Fuller House, admitiu culpa e aceitou pena de prisão. Ela foi acusada de pagar propina à Univesity of Southern California, para a universidade matricular as duas filhas da atriz (via The Hollywood Reporter). Loughlin foi condenada a dois anos de liberdade supervisionada e terá que mandar relatórios da atividade dela ao governo.

Além disso, o marido de Lori Loughlin, Massimo Giannulli, também admitiu culpa e terá que cumprir cinco meses de prisão.

+++LEIA MAIS: JK Rowling desmente boato sobre onde escreveu Harry Potter: ‘Nunca estive nessa livraria’

O julgamento de Loughlin e Giannulli estava marcado para outubro deste ano, porque eles foram acusados de desembolsar cerca de US$ 500 mil à faculdade para matricular as duas filhas em uma bolsa de estudos para atletas de remo, esporte que nenhuma das duas praticam.

O casal negou esse destino do dinheiro e afirmou que os US$ 500 mil seriam "uma doação legítima" para a Univesity of Southern California.


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE