Avatar: 4 fatos sem sentido na produção de James Cameron

Apesar de ser um sucesso de bilheteria, o filme tem alguns buracos na trama que não fazem sentido algum

Redação Publicado em 05/12/2020, às 16h00

None
Cena de Avatar, 2009 (Foto: Reprodução)

Lançado em 2009, Avatar é um marco do cinema. O filme de James Cameron fez tanto sucesso que foi anunciado uma prequel da produção para 2022, mas antes, é preciso falar que o primeiro longa não é livre de defeitos. As informações são do Screenrant.

+++LEIA MAIS: Avatar 2: Atriz prendeu a respiração por 6 minutos em cena subaquática

Apesar do visual e tecnologia incríveis, o Avatar original tem diversos buracos na trama, assim como cenas e fatos que não fazem sentido algum para a narrativa ou para a realidade da biosfera de Pandora, onde o filme se passa.

Por isso, o Screenrant separou 4 fatos sem sentido sobre Avatar

+++LEIA MAIS: Avatar 2: Entenda a nova tecnologia usada por James Cameron para as cenas submersas

Sem oxigênio

Pandora é um planeta com florestas enormes e extensas - e o fato de não haver oxigênio é irônico. No filme, explica-se que há uma sobrecarga de dióxido de carbono no ar, mas se é esse o caso, como as florestas crescem?


Sem mecanismo de rastreamento

Apesar de toda a tecnologia dos avatares, o filme tem algumas contradições evidentes, e um exemplo é quando Jake Sully perde contato com o resto da equipe e acaba sendo levado de volta à aldeia Na'vi. 

+++LEIA MAIS: James Cameron está impressionado com o visual de Avatar 2: 'Realmente incrível'

Mesmo com tecnologia capaz de controlar remotamente um avatar vivo, parece que os cientistas não pensaram em criar um dispositivo de rastreamento… E isso não faz sentido. 


Receptividade dos Na'vi

O povo guerreiro Na’vi, nativo de Pandora, tem uma grande conexão com o planeta - e o fato deles aceitarem os humanos permanece como algo sem explicação.

Apesar de não gostarem dos humanos que desmatam e destroem o planeta com a mineração, eles fazem exceções justamente aos que cultivam clones Na'vi - o que pode ser, certamente, considerado um insulto.

+++LEIA MAIS: Filmagens de 'Avatar' são retomadas após pausa por causa da pandemia, segundo James Cameron


Faca mecânica

Uma das cenas mais icônicas do filme é a luta entre Neytiri e Quaritch. Afinal, uma batalha entre um homem em um robô gigante e um "cão" alienígena montado por um alienígena não poderia deixar de ser incrível.

No entanto, a cena inclui um momento bizarro no qual Quaritch tira uma grande faca de combate de um coldre, como um humano faria, não como uma máquina deveria fazer. Logicamente, a arma deveria estar armazenada em algum compartimento do robô, para que não fosse perdida no meio da batalha. 

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ TICO SANTA CRUZ: 'A GENTE QUERIA PROVOCAR OS CONSERVADORES' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL