Banda agradece ao Avenged Sevenfold por ter copiado seu logo

Morcego/crânio não era originalmente do A7X, e bandas tiveram que fazer acordo

Redação Publicado em 22/04/2019, às 17h54

None
Avenged Sevelfold (Foto: Divulgação)

O crânio com asas de morcegos faz com que as pessoas reconheçam quase imediatamente o trabalho do Avenged Sevenfold. Mas a questão polêmica é: o desenho não é original deles.

O morceguinho nasceu, na verdade, como um mascote do Overkill. A criatura tinha o nome de Chaly, The Bat e apareceu em vários álbuns, encartes e artes da banda.

+++ Solta o riff! Rolling Stone Brasil vai premiar o melhor riff com prêmios exclusivos no Instagram 

“Mas aí, quando o Avenged Sevenfold surgiu, eles tinham um morcego quase igual. Sendo ou não por querer, eles fizeram igual”, disse Bobby Blitz, vocalista do Overkill ao Jhofffilms. “Isso foi, com certeza, uma forma de elogio, de uma maneira ou outra."

Mas para a banda isso não foi necessariamente ruim. "O fato desses caras venderam discos pra caramba, e o fato de que foram mencionados na mesma frase tantas vezes durante mais de uma década… Isso dá mais atenção ao Overkill do que receberiam normalmente, eles ganham o destaque que não teriam normalmente. Então não há problema algum”, opinou Eddie Trunk, historiador de música e apresentador no VH1.

Mas apesar da cópia, o uso envolveu grana, conforme explicou Trunk. “O Overkill fez algum tipo um acordo com o Avenged Sevenfold. Eles foram pagos porque o morcego era marca registrada. Os termos do acordo são secretos, não falam disso nem em off. Mas agora ambos podem usar, e o Overkill foi pago por isso”, explicou.

Entrevista RS: Di Ferrero fala sobre música pop, vida pós-NX Zero e projeto engavetado com Emicida: