Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Processo

Axl Rose é acusado de estupro por modelo norte-americana

Caso teria acontecido em 1989, em um hotel de Nova Iorque

Axl Rose (Foto: Jason Kempin/Getty Images)
Axl Rose (Foto: Jason Kempin/Getty Images)

A modelo Sheila Kennedy está acusando o cantor e líder do Guns N' Roses, Axl Rose de estupro. Segundo informações da agência AFP e dos nossos parceiros da Rolling Stone EUA, o caso teria acontecido em 1989, quando os dois se conheceram em uma balada.

Rose teria convidado Kennedy e outras moças para irem até seu quarto de hotel, onde continuaram a festa. No local, a modelo teria sido encurralada pelo cantor, enquanto saía do banheiro, Axl teria abordado a moça "violentamente a empurrando contra a parede e beijando," segundo o que conta no processo.

+++LEIA MAIS: Guns N' Roses: corujas resgatadas em show recebem nome de Slash e Axl

A modela ainda relata que após o ocorrido o roqueiro teria começado a ter relações sexuais com outra moça, além das duas, havia uma terceira mulher no quarto. O processo segue dizendo que o artista "estava sendo agressivo de uma forma desagradável, e encorajando-nos a participar do ato, embora tenhamos demonstrado nossa oposição."

As duas foram para outra suíte, de onde conseguiam ouvir Rose gritando e quebrando objetos. Em seguida, o cantor teria entrado no quarto das garotas e levado Kennedy de volta para a sua suíte pelos cabelos. Lá, ela foi amarrada com uma meia calça e estuprada, segundo as alegações.

+++LEIA MAIS: Axl Rose atrasava para os shows do AC/DC? Batera responde

"Ele a tratou como propriedade e a usou apenas para o seu prazer sexual. Ele não usou camisinha. Kennedy não consentiu com este ato e se sentiu desamparada. Ela sentiu que não tinha escapatória, que estava sendo obrigada a concordar com o que estava acontecendo. Ela acreditava que Rose a atacaria fisicamente, ou faria coisa pior, caso ela tentasse lutar. Ela entendeu que a coisa mais rápida a se fazer era deitar na cama e esperar que Rose terminasse o que estava fazendo," afirma o processo.

A modelo afirma sua carreira foi afetada pelo ocorrido, dado que o episódio a levo a quadros de depressão e ansiedade. Além disso, Kennedy sofreu com estresse pós-traumático. No processo ainda são citadas Erin Severly e Stephanie Seymour, ex-namoradas do vocalista que o acusaram de agressão e comportamento abusivo na década de 1990, como uma maneira de comprovar o histórico problemático do roqueiro.

+++LEIA MAIS: Axl Rose e Slash em estúdio gera suspeitas de novos lançamentos do Guns N' Roses