Axl Rose fala sobre álbum na internet

Vocalista do Guns N’ Roses não deu entrevistas sobre Chinese Democracy, mas vem postando e conversando com fãs na rede

Da redação Publicado em 16/12/2008, às 12h49

Axl Rose, único integrante original do Guns N' Roses, não se preocupou em aparecer na mídia para divulgar o aguardado Chinese Democracy (o que fez com a gravadora o culpasse pelas "baixas" vendas do disco - saiba mais), mas resolveu dar sua palavra aos fãs. O cantor e compositor tem postado textos e participado de fóruns online, que podem ser encontrados na página oficial da banda na internet.

Axl fez questão de afirmar que Chinese Democracy é um disco do Guns, apesar de o álbum ser sempre ligado apenas ao seu nome. "Eu não fiz um álbum solo. Um disco solo seria completamente diferente disso, e provavelmente mais instrumental", afirmou, acrescentando que não tem planos de deixar a banda.

"Fiz um álbum do Guns com as pessoas certas, as únicas pessoas que realmente quiseram me ajudar a tentar, e eram qualificadas e capazes de agüentar o abuso público durante anos". E acrescentou que não se vê "como um Guns solo, mas vejo que sou o único do passado que se esforça para levar isso para frente [a banda], quer as pessoas aprovem ou não, e dando e lutando muito mais dos que muitos para fazer isso acontecer".

Chinese Democracy foi lançado em novembro depois de quase uma década e meia de produção.