Azealia Banks desenterra gato morto e escalda restos mortais do animal

Rapper chocou a internet com o ritual que fez com seu gato falecido

Redação Publicado em 12/01/2021, às 16h55

None
Azealia Banks (Foto: Cassandra Hannagan/Getty Images)

Nesta terça, 12, a rapper norte-americana Azealia Banks se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter ao postar vídeos desenterrando seu gato morto, de nome Lúcifer, e escaldando os restos mortais do animal em seguida. 

Em um dos vídeos publicados no stories do Instagram, Azealia Banks aparece desenterrando o gato de estimação morto há 3 meses. "Lúcifer 2009-2020. Meu querido gatinho. Obrigada por tudo. Uma lenda. Um ícone. Para sempre um servo", escreveu ela na legenda enquanto tirava o animal de dentro da terra. 

Nas publicações seguintes, Azealia postou vários vídeos queimando uma quantia de sálvia, erva usada por pessoas que desejam limpar as energias negativas de determinados locais, e, horas depois, colocou no feed a imagem de um vaso com vários itens, incluindo o crânio de um pequeno animal. 

Confira: 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SEA QUEEN 🧜🏾‍♀️ (@azealiabanks)

 

+++LEIA MAIS: Armie Hammer, ator de Me Chame Pelo Seu Nome, é acusado de canibalismo

Nas redes sociais, muitos fãs não entenderam muito bem o que estava acontecendo e ficaram horrorizados, mas de acordo com alguns usuários, Azealia poderia ter usado o corpo do animal para realizar um ritual de acordo com a religião que segue. 

"Azealia também é religiosa e segue a Santeria. Por ser muito apegada ao gato, decidiu o desenterrar e fazer um ritual. Ela, inclusive, está contando no Instagram como está sendo sua experiência em tentar se tornar vegana", explicou uma fã no Twitter. 

Já outro internauta comentou: "Vocês podem ter todas as críticas do mundo quanto a Azealia Banks enquanto pessoa ou artista, mas ela lidou com o gato dela segundo um ritual funerário das práticas religiosas dela, e isso não se critica. Isso é só intolerância religiosa e racismo mesmo, e não se internam pessoas". 

+++LEIA MAIS: Iggy Azalea anuncia parceria com Azealia Banks após anos de rixa