BNegão, Criolo e KL Jay tocam em São Paulo em prol dos direitos da população indígena

O Mbaraeté Resistência - Festival Povos da Terra 2015 acontecerá no dia 11 de novembro

Redação Publicado em 09/11/2015, às 13h44 - Atualizado em 10/11/2015, às 15h10

Criolo no João Rock 2015

Ver Galeria
(4 imagens)

Durante 12 horas entre a próxima quarta, 11, e quinta-feira, 12, músicos, artistas e palestrantes oferecerão seus talentos a povos indígenas nacionais durante o Mbaraeté Resistência - Festival Povos da Terra 2015, em São Paulo.

Com intuito de chamar atenção para os abusos cometidos pelo agronegócio contra os brasileiros nativos, artistas como BNegão, Criolo e KL Jay vão se apresentar na Casa das Caldeiras ao lado de grupos de rap guarani como Oz Guarani e os HuniKuin, do Acre, sem cobrar cachê. O público presente está convidado a prestigiar e participar.

As primeiras 200 pessoas que comparecerem até 17h da quarta-feira, 11, (o evento começas às 14h) deverão levar 1kg de alimento perecível para entrar. Os demais pagarão R$ 30 (R$ 15 meia) mais um 1kg de alimento perecível - lote promocional - ou R$ 50 (R$ 25 meia) mais um 1kg de alimento perecível. Tudo será revertido às aldeias dos Guarani Mbya em São Paulo e às aldeias Guarani Kaiowá do Mato Grosso do Sul.

Antes das atrações musicais, o tema será discutido por especialistas e lideranças indígenas como Eliseu Lopes, da aldeia Kurusu Amba (MS), que recentemente denunciou em Washington os ataques contra o povo Guarani Kaiowá na Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Embora tenham seu direito à terra garantido pela Constituição de 1988, indígenas de diversas etnias sofrem com ataques da bancada ruralista no Congresso. No último dia 27 de outubro, a PEC 215 teve 21 votos favoráveis à sua aprovação na Comissão Especial que analisa a proposta. Ela ainda deverá ser votada em plenário e irá para votação no Senado. Caso aprovada, transferirá as atribuições de demarcação de terras indígenas, titulação de territórios quilombolas e criação de unidades de conservação do Executivo para o Legislativo.

Mbaraeté Resistência - Festival Povos da Terra 2015

São Paulo

11 de novembro (quarta), 14h

Casa das Caldeiras, Av. Francisco Matarazzo, 2.000

Entrada (até 17h - máx 200 pessoas): 1kg ALIMENTO ALIMENTO NÃO PERECÍVEL

Entrada (após 17h): LOTE INICIAL PROMOCIONAL (500 Ingressos) - R$ 30 inteira (R$ 15 meia) + 1kg de ALIMENTO NÃO PERECÍVEL.

SEGUNDO LOTE/PORTA - R$ 50 inteira/ R$ 25 meia + 1kg de ALIMENTO NÃO PERECÍVEL.

.

*O Festival vai coletar celulares, de preferência com câmera, que serão doados aos indígenas como forma de registro e proteção contra as agressões que vem sofrendo.

Programação

DIA - 14h às 19h

14h - Abertura do Festival com Grupo Teatral Parlendas

15h - Oficina de língua Guaraní com Jordi Ferre

15h às 17h - Introdução e apresentação do panorama geográfico dos conflitos de demarcação de terras com a antropóloga e jornalista Tatiane Klein - ISA [Instituto Socioambiental] e Centro de Estudos Ameríndios da USP [CEstA-USP], Cristiano Navarro - Le Monde Diplomatique Brasil, Bruno Morais - CTI [Centro de Trabalho Indianista].

17h às 19h - ENCONTRO DE LIDERANÇAS E PAJÉS.

Nomes confirmados: Huni Kuin da Amazónia, Elizeu Lopes (Guarani Kayowa - MS), Ari Martim (Gurani MBya - SP Jaraguá), Tupã Mirim (Gurani MBya - SP Jaraguá).

NOITE

Salão Principal

19h - Oz Guarani, Xondaro MC's, Kunumi MC + DJ Nuts.

20h30 - DJ Tahira

21h30 - Os Hunikuin da Amazonia & Bmind/ Psilosamples/ L_cio

22h30 - Criolo (DJ+ MC), + DJ DanDan

23h30 - BNegão Trio

00h30 - DJ KLJay

Subsolo

20h - Coletivo Prato do Dia

21h - Dubalizer convida Jah Dartanhan, Ecoalaize € D.O.N

22h - Macumbia - Gabriela Ubaldo

23h - Rincon Sapiência

00h - Pita Uchoa

01h - Robles

* Os horários e atrações podem ser alterados e mais participações podem ser confirmadas.