Baixista do 3 Doors Down é acusado de homicídio após acidente de carro

Carro dirigido por Todd Harrell colidiu com uma picape, ocasionando a morte do motorista de 47 anos

Rollign Stone EUA Publicado em 22/04/2013, às 09h33 - Atualizado às 09h41

3 Doors Down
Divulgação/Frank Ockenfels

Todd Harrell, baixista do 3 Doors Down, é acusado de homicídio com veículo depois de uma colisão fatal na noite de sexta-feira, 19, em Nashville, nos Estados Unidos.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

O Departamento de Polícia Metropolitana de Nashville diz que Todd dirigia rápido pela estrada Interstate 40 quando o seu carro bateu em um caminhão e o mandou para fora da pista, descendo o aterro. O motorista Paul Howard Shoulders Jr., de 47 anos, foi ejetado da sua picape e morreu. De acordo com a polícia, o músico apresentou sinais de não estar em suas capacidades totais durante o teste de sobriedade, apresentando estar fora de si admitindo “ter consumido cidra e ter prescrição de Lortab e Xanax [analgésicos e relaxante muscular, respectivamente]”.

Todd também é acusado de levar substancias controladas para a delegacia de Nashville, onde ele multado depois do acidente. A polícia diz que, durante a revista, os oficiais encontraram oito pílulas de Xanax, 24 de Oxycodone e quatro de Oxymorphone, em um saco plástico escondido dentro da meia dele.

A fiança foi estipulada em US$ 100 mil e o músico permanece na prisão.

O 3 Doors Down, criado em Mississippi em meados dos anos 90 e que veio à fama com hits como “Kryptonite” e “Away from the Sun”, divulgou uma declaração em seu site oficial. “Nós estamos muito tristes com a morte de Paul Howard Shoulders Jr.”, escreveram eles. “Nossos sentimentos e orações vão para a sua família neste período difícil.”