Pulse

Baixista do Megadeth não gostava do Black Sabbath liderado por Ozzy Osbourne

David Ellefson contou sobre a sua relação com a banda, e explicou porque sua participação no baixo é tão diferente da de Geezer Butler

Redação Publicado em 04/07/2019, às 17h56

None
David Ellefson e Ozzy Osbourne (Foto1: Christophe Gateau/AP | Foto2: Amy Harris/AP)

Durante uma entrevista para o podcast Do You Know Jack?, David Ellefson, do Megadeth, contou que não simpatizava muito com o Black Sabbath na época em que era liderado por Ozzy Osbourne.

“Honestamente, eu não era um grande fã doBlack Sabbathnos anos de Ozzy Osbourne.Paranoid é o meu disco favorito [desse período], mas eu realmente comecei a escutar mais quando o Ronnie James Dio se juntou à banda no disco Heaven and Hell” disse o baixista.

Em seguida, explicou que essa sua opinião foi formada por considerar a entrada do Príncipe das Trevas no grupo "tipo um regresso para um lado meio Deep Purple e Led Zeppelin”. 

Quando a conversa chegou a uma comparação entre o seu papel no Megadeth e o de Geezer Butler no Sabbath, garantiu que são coisas "muito diferentes", já que uma banda "é essencialmente formada por três instrumentos e um cantor, e nós somos em quatro, e um dos músicos também canta". 

O disco solo do David Ellefson, Sleeping Giants, tem data de lançamento para 19 de julho. Além desse projeto, o seu livro de memórias, More Life With Deth, será lançado no dia 16 do  mesmo mês.

Megadeth tocaria na edição de 2019 do Rock in Rio. Mas após o vocalista Dave Mustaine ser diagnosticado com um câncer na garganta, todas as apresentações deste ano foram canceladas. Quem tocará no lugar deles no festival será a banda alemã Helloween.  

+++ SESSION ROLLING STONE: Cynthia Luz acredita no amor puro com "Não Sou Sem Nós"