Bandas de metal também gostam do Natal: ouça as doze melhores e mais pesadas músicas natalinas

Redação Publicado em 23/12/2013, às 18h59 - Atualizado às 21h45

Galeria – Natal Metaleiro - Abre - Ronnie James Dio
Sandro Campardo/AP

“Mistress for Christmas”, AC/DC

Embora a maioria das pessoas passem o natal desejando a boa vontade na Terra, Brian Johnson, do AC/DC, só quer apenas uma amante. É este o pedido dele para o Papai Noel, certamente a cartinha mais “sacana” que ele deve ter recebido.


“I Saw Mommy Kissing Santa Claus”, Twisted Sister

Quem adivinharia que o Twisted Sister, banda que chegou os pais nos anos 80, seria capaz de lançar um incrível disco de natal? Eis aqui a resposta mais surpreendente possível, com faixa do disco A Twisted Christmans


“Christmas With the Devil”, Spinal Tap

Uma caveira gigante de Papai Noel desce do palco, enquanto os integrantes do Spinal Tap se divertem com calças de couro, solos precisos e um curioso rabo de diabo.


“Silent Nigh”, da Manowar

O Manowar ama ser bombástico. Nesta versão de “Silent Night” (cantada em alemão!), eles deixam os costumeiros versos sobre espadas e combates medievais de lado para criar uma versão quase angelical.


“We Three Kings”, Rob Halford

Rob Halford, do Judas Priest, ama tanto o Natal que, para o terceiro disco solo, Halford 3: Winter Songs, é composto inteiramente de músicas natalinas. Em “We Three Kings”, o deus do metal diz que a figura judeu-cristã é a única de uma forma que só uma lenda do metal consegue fazer.


“Viking Christmas” - Amon Amarth

Em “Viking Christmas”, a banda de death metal melódico Amon Amarth mostra o ponto dela sobre a história do cristianismo. Ou, então, eles estão admitindo que, apesar do desejo por sangue, eles também gostariam de comer alguns biscoitinhos caseiros? Isto está aberto a interpretações.


“No Presents for Christmas”, King Diamond

Esta faixa começa como clássicas cantigas de natal, antes da risada assustadora de King Diamond invadir as caixas de som. King Diamond teria se tornado satanista porque o Papai Noel deixou de passar na casa dele quando o roqueiro ainda era um garotinho?


“God Rest Ye Merry Gentlemen”, da banda

Eis aqui uma prova do poder do Sabbath, mesmo a antiquíssima “God Rest Ye Merry Gentlemen” deixa de ser uma bonita cantiga natalina para se transformar em uma faixa esmagadora. Iommi criou riffs pesados o bastante para estarem em Vol. 4, enquanto a performance de Dio não é nada menos do que operística.


“Run, Rudolph, Run”, Lemmy, Billy F. Gibbons e Dave Grohl

“Run, Rudolph, Run” é uma daquelas canções clássicas de Natal tocada por todos, de Chuck Berry a Keith Richards, passando por Billy Idol, Sheryl Crow e CeeLo Green. Mas a voz de encharcada de uísque de Lemmy dá ainda um sabor anti-natalino à versão.


“Stripper Christmas Summer Weekend”, GWAR

Quando o GWAR comemora o natal, eles o fazem no verão, com strippers, por um fim de semana inteiro. Só porque ele são de outro planeta, isso não quer dizer que estes monstros devam deixar de celebrar a época. Aqui, eles o fazem como apenas aliens assassinos conseguem.


“Twas the Night Before Christmas”, Henry Rollins

Esta aqui não é estritamente heavy metal, mas vamos deixar isso de lado porque estamos falando de Henry. Nesta versão, ele lê o poema com um som avant-garde, com sirenes e tiros. Na letra dele, contudo, quando encontramos São Nícolas, o coitado é explodido ao ser acertado por um míssil.


“Little Drummer Boy”, Christopher Lee

Os riffs furiosos ficam no segundo plano enquanto o ator de 91 anos, com sua voz de barítono, canta o que apenas só pode ser chamado de épico. Afinal, os outros metaleiros desta lista põem ter feito músicas incríveis, mas quem consegue superar o mago Saruman (personagem interpretado por Lee na trilogia O Senhor dos Anéis), cantando “A-rum-pa-pum-pum!”?