Barbra Streisand está profundamente arrependida dos comentários sobre os acusadores de Deixando Neverland

“Sinto um profundo remorso e espero que James e Wade saibam que eu realmente os respeito e admiro por falarem a verdade deles'' declara a cantora

Redação Publicado em 25/03/2019, às 13h31

None
(Photo by Chris Pizzello/Invision/AP File)

Na última sexta, 22, em uma entrevista para o The Times of London, a cantora Barbra Streisand declarou que não acreditava que a experiência relatada no documentário Deixando Neverland, a respeito do abuso sexual de Michael Jackson, havia impactado as vítimas permanentemente.

Após o comentário, Streisand recebeu diversas críticas nas redes sociais levando-a emitir uma declaração esclarecendo o seu posicionamento e um pedido de desculpas em sua conta oficial do instagram.

''Para ser clara, não há nenhuma situação ou circunstância em que seja aceitável que a inocência das crianças seja aproveitada por qualquer pessoa'', diz Streisand. ''As histórias que esses dois jovens compartilharam são dolorosas de ouvir, e eu não sinto nada além de empatia.''

''Sinto muito por qualquer dor ou mal-entendido que causei ao não escolher minhas palavras com mais cuidado a respeito de Michael Jackson e suas vítimas, porque as palavras impressas não refletem meus sentimentos verdadeiros", dizia o post. "Eu não pretendia ignorar o trauma que esses garotos tiveram de alguma forma. Sinto um profundo remorso e espero que James e Wade saibam que eu realmente os respeito e admiro por falarem a verdade deles.''

Algoritmo da Vida: novo projeto da Rolling Stone Brasil busca sintomas de depressão mas redes sociais para prevenção do suicídio: