Batmóvel da série de TV de 1966 é vendido por US$ 4,2 milhões

Automóvel é uma adaptação de um Lincoln Futura de 1955 usado pelo herói vivido por Adam West

Redação Publicado em 21/01/2013, às 09h49 - Atualizado às 11h49

Batmóvel
Reprodução / Barrett-Jackson

Batman não seria o mesmo se não fosse seu Batmóvel: tão icônico quanto o símbolo do morcego estampado no peito do herói, o automóvel marca as várias gerações do personagem. Como é o caso do clássico veículo utilizado por Adam West na série e filme Batman, de 1966. É pela sua importância que se encontra justificativa para Rick Champagne, um norte-americano do Arizona, ter levado o carro por US$ 4,2 milhões, pagos em leilão realizado no último sábado, 19. As informações são da casa de leilões Barrett-Jackson.

Supermáquina: há décadas, os modelos V8 dominam o cinema, a televisão e até a música, ofuscando protagonistas, lançando tendências e marcando época.

Originalmente um Lincoln Futura de 1955, o carro foi totalmente remodelado para estar à altura do seu supermotorista. Conversível, preto, com detalhes em vermelho, o veículo tornou-se tão famoso quanto os muitos "Pow! Bam! Zoom!", que apareciam na tela a cada pancada desferida ou recebida pelo herói. O responsável pela transformação foi George Barris, que recebeu US$ 15 mil na época. O conhecido designer de carros de Hollywood também estava presente no evento: "O carro tinha de ser uma estrela por conta própria. E tornou-se uma", disse.

O veículo original fazia parte da coleção de Barris. Depois da customização e do estrelato, o carro foi levado para um salão de exposições na Califórnia. "O Batmóvel de 1966 foi um dos carros mais famosos da história de Hollywood e se tornou um verdadeiro ícone que foi carregado pelas gerações de carros do Batman", disse o presidente e diretor executivo da casa de leilões, Craig Jackson. "[O veículo] marca seu tempo na história da televisão transformando o carro na verdadeira estrela do show. Revolucionou uma indústria inteira que seguiu seus passos", completou.

O comprador Rick Champagne, de 56 anos, é dono de uma empresa de logística em Phoenix e saiu do leilão dirigindo o Batmóvel. "Eu gosto do Batman e vim aqui com a intenção de comprar o carro", disse ele à Reuters. Champagne ainda teve de pagar cerca de US$ 420 mil em taxas.