Beastie Boys não voltará a tocar ao vivo sem Adam Yauch, diz representante

Grupo já havia confirmado que não voltaria a compor sem o cofundador

Redação Publicado em 03/07/2015, às 11h10 - Atualizado às 12h32

Adam "MCA" Yauch

Ver Galeria
(3 imagens)

Após a morte de Adam Yauch, um dos integrantes do Beastie Boys, em 2012, o grupo afirmou que, sem ele, não voltaria a compor novamente. Desta vez, os membros remanescentes, Mike D e Adam ‘Ad-Rock’ Horovitz, confirmaram que nunca mais subirão em um palco como Beastie Boys novamente.

Relembre a carreira de Adam Yauch em fotos.

Isto porque um representante da banda disse ao site Pitchfork que “jamais haverá um show do Beastie Boys sem Adam Yauch”. O executivo fez o comentário em resposta à notícia de que Mike D e Ad-Rock haviam feito um requerimento na justiça norte-americana para utilizar o nome Beastie Boys para “performances ao vivo de grupo musical.”

Apesar de terem comentado que não fariam novas músicas juntos sem Yauch, Mike D e ‘Ad-Rock’ não haviam, de fato, anunciado que não voltariam aos palcos para shows. A novidade esfria as expectativas dos fãs que ansiavam por uma apresentação de retorno e celebração dos integrantes vivos da banda.

Relembre como o beastie boy mais louco encontrou seu caminho, das ruas de Nova York à busca pela iluminação.

“Adam começou tudo, então não poderíamos fazer nada sem ele”, disse Ad-Rock, em entrevista recente ao site do semanário britânico NME. “Em certa altura, vamos fazer alguma coisa juntos”, acrescentou, confirmando que deve trabalhar em algum novo projeto com Mike D, mas sem se apresentar como Beastie Boys.

Adam Yauch, cofundador do grupo pioneiro de hip-hop, morreu em 2012 aos 47 anos. Yauch, também conhecido como MCA, estava em tratamento contra um câncer desde 2009, ano em que foi diagnosticado com um tumor na glândula salivar.