Beatles lideram a lista de artistas mais pirateados do mundo

Rolling Stones, Bob Marley e Led Zeppelin também aparecem na pesquisa realizada por uma plataforma antipirataria

Redação Publicado em 08/11/2013, às 19h57 - Atualizado às 20h29

Beatles
AP

A Muso, uma empresa especializada na luta contra a pirataria, revelou a lista com os 10 nomes do mundo da música mais pirateados anualmente. A plataforma encontrou, ao todo, 187.687 uploads de arquivos ilegais de músicas dos Beatles nos sites que monitora, sendo que a soma dos downloads a partir desses arquivos é de mais ou menos 190 milhões, considerando que a estimativa é de que cada arquivo seja baixado mil vezes.

Galeria: dez grandes parcerias do rock and roll, como John Lennon e Paul McCartney.

Com números significativamente menores, Fleetwood Mac (72.984 arquivos), Bob Marley (60.024 arquivos) e Led Zeppelin (59.011 arquivos) também aparecem na lista dos artistas vítimas da era digital.

Especial John Lennon: O guia definitivo para a vida e a música da lenda.

Paul McCartney disse em entrevista ao NME que não se importa que baixem a música dele gratuitamente. “Para mim é estranho o conceito do download. Sou da época de ir às lojas e comprar. Passamos por vinil, fitas e CDs”, disse em 2008. “É tudo igual, com a única exceção de que as pessoas não pagam mais” ele disse.

Paul McCartney surpreende escola no Queens com show-surpresa; saiba como foi.

A equipe da Muso, fundada em 2008, realiza o monitoramento de sites que oferecem o armazenamento de arquivos de música, filmes, softwares e games para download e streaming ilegal em mais de quinze países.

Segue a lista dos 10 artistas mais pirateados:

1 - The Beatles (187.687 arquivos)

2 - Fleetwood Mac (72.984 arquivos)

3 - Bob Marley (60.024 arquivos)

4 - Led Zeppelin (59.011 arquivos)

5 - Cliff Richard (56.576 arquivos)

6 - Stevie Wonder (45.496 arquivos)

7 - Jimi Hendrix (44.093 arquivos)

8 - Elvis Presley (40.794 arquivos)

9 - ABBA (35.193 arquivos)

10 - The Rolling Stones (34.444 arquivos)