Beatles: a música ‘Her Majesty’ era um ataque à Rainha Elizabeth II?

Paul McCartney considerava a música ruim e tentou se livrar da gravação

Redação Publicado em 07/05/2020, às 13h27

None
The Beatles (Foto: AP Images)

The Beatles, assim como a Rainha Elizabeth II, são ícones culturais do Reino Unido. O quarteto escreveu uma música sobre a Rainha, no álbum Abbey Road (1969), mas a união entre os fenômenos britânicos em “Her Majesty” não resultou em um grande sucesso, como lembra o CheatSheet. 

Algumas partes da letra são interpretadas como insultos à majestade. A música fala sobre um homem, que sonha com um romance com a rainha, mas tem comentários ácidos sobre a amada. “Sua Majestade é uma garota muito legal/Mas não diz muita coisa/Sua Majestade é uma garota muito legal/Mas muda todos os dias”.

+++ LEIA MAIS: Novo documentário dos Beatles contradiz memórias de George Harrison sobre ‘Let It Be’; entenda

Paul McCartney, co-escritor da faixa, ao lado de John Lennon, considera a música “levemente desrespeitosa”, mas com a intenção cômica ao invés de uma crítica. “É apenas uma música engraçadinha. Resume como as coisas mudaram, não acha? Você pode escrever músicas do tipo sem ser preso nas masmorras”, brincou o ex-Beatle. 

Segundo o CheatSheet,McCartney prefere a rainha a uma democracia, e já elogiou a monarca “por ser inteligente, fabulosa e glamourosa”, além de entender a figura da rainha como uma força de união na sociedade britânica. 

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney explica por que Beatles são melhores que Rolling Stones em nova entrevista: ‘Vou concordar com isso’

A faixa é a menor do catálogo dos Beatles, com apenas 23 segundos de duração, e não seria lançada, porque McCartney a considerou ruim após finalizar a gravação. McCartney mandou um engenheiro de estúdio se livrar da música, mas “Her Majesty” foi parar na versão final do álbum por engano. A banda decidiu manter o erro. 


+++ MINHA PLAYLIST.... FRANCISCO, EL HOMBRE | ROLLING STONE BRASIL