Beatles recusaram US$ 50 milhões para show de reunião porque ato de abertura teria um tubarão branco

Em entrevista recente, Ringo Starr revelou que o Fab Four recebeu uma "oferta maluca" para realizar um último concerto

Redação Publicado em 06/07/2020, às 10h39

None
The Beatles (Foto: AP Images)

Recentemente, em entrevista ao Sunday Mirror, Ringo Starr revelou que, alguns anos após o rompimento dos Beatles, eles receberam uma proposta recheada para realizar um único show de reunião, mas recusaram porque o ato de abertura envolveria um tubarão.

+++ LEIA MAIS: O que John Lennon achava da teoria ‘Paul McCartney está morto’?

Segundo uma nota da revista People na época, o empresário Bill Sargent ofereceu cerca de US$ 50 milhões para que o Fab Four fizesse um último concerto. 

“Conversamos uma vez. Havia uma oferta louca por aí”, revelou o baterista, acrescentando que os quatro decidiram que não aceitariam devido ao ato de abertura que Sargent tinha em mente: um homem lutando contra um tubarão branco. “Nós nos ligamos para discutir”, continuou Starr. “Então concordamos que não.”

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney ou John Lennon: quem cantou mais músicas dos Beatles?

No entanto, ele admitiu que, até a morte de John Lennon, em 1980, ele ainda esperava que os Beatles se reunissem novamente. “Se John e George não tivessem morrido, certamente haveria uma possibilidade disso. Paul [McCartney] e eu ainda estamos na estrada. John ainda estaria na estrada”, disse ele. “Ainda estaríamos fazendo o que gostamos de fazer. Talvez separadamente, talvez juntos. Ninguém sabe."

 


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO