Best Coast traz de volta o sol ao Planeta Terra

Dupla fez show divertido, mas não despertou grandes reações

Stella Rodrigues Publicado em 20/10/2012, às 18h38 - Atualizado em 21/10/2012, às 16h53

Best Coast no Planeta Terra

Ver Galeria
(2 imagens)

Quem diria que o som do Best Coast combinaria com um dia chuvoso e cinza de São Paulo? A banda californiana, que homenageia seu estado de origem no nome da banda e em diversas letras, faz questão de carregar em seu trabalho todas as características típicas do som de sua região, combinando e cantando o sol, o surfe, tudo que tem a ver com um dia de praia no verão.

Bethany Cosentino explica as mudanças entre os dois primeiros discos do Best Coast.

A dupla de surf pop Bethany Cosentino e Bobb Bruno e seus músicos de apoio encontraram uma cidade nublada e garoa ao subir ao palco principal do Planeta Terra, às 16h15, e saíram de lá comemorando o sol tímido que foi saindo aos poucos durante o show.

A performance não foi das mais animadas. A banda não tem grandes hits, as músicas dos dois discos lançados formam um bloco homogêneo de canções fofinhas e gostosas de ouvir. De forma que, tirando alguns poucos fãs que sabiam todas as letras, a plateia era formada mais por curiosos do que por gente animada, que cantasse e dançasse junto.

Por conta do cancelamento do Kasabian, que deixou uma lacuna no line-up, o Best Coast teve a chance de fazer um setlist um pouco mais longo do que seria comum para uma banda que toca cedo em um festival. Sendo assim, teve a chance de apresentar uma amostra considerável dos discos Crazy for You (2010) e The Only Place (2012). Enquanto bebericava, aparentemente, uma caneca de chá, Bethany cantou faixas como “When the Sun Don’t Shine”, “Crazy For You” e “Goodbye”, no começo da performance. Entre uma música e outra, a vocalista agradeceu diversas vezes a oportunidade de tocar no Brasil, aceitou a proposta de casamento que recebeu por meio de um cartaz empunhado e agradeceu a presença das bandeiras de sua querida Califórnia, da qual ela fala com tanto carinho nas letras.

Durante “How They Want Me to Be”, bem no meio do show, as nuvens foram se abrindo para dar espaço ao sol e Bethany comemorou o fato da dupla ter trazido o calor de volta à cidade. Ainda fizeram parte do setlist as canções “Last Year”, “Our Deal”, “The Only Place”, “Summer Mood”, entre outras. O encerramento foi com “Boyfriend”, o maior “lado a” do Best Coast.