Beyoncé admite playback no hino dos Estados Unidos na posse de Obama e promete cantar ao vivo no Super Bowl

A cantora explicou que não teve tempo de ensaiar com a banda e estava muito frio, de forma que ela “não se sentiu confortável para cantar ao vivo”

Redação Publicado em 31/01/2013, às 19h18 - Atualizado às 20h14

Posse Obama: Beyoncé
AP

Nesta quinta, 31, Beyoncé reuniu jornalistas para uma coletiva de imprensa na qual admitiu o uso de playback em sua perfomance durante a posse do presidente Obama, no último dia 21. A cantora, que começou a coletiva cantando ao vivo o hino norte-americano (assista abaixo), mostrando que é capaz, explicou seus motivos.

Veja a carreira de Beyoncé em fotos.

Segundo ela, não houve tempo para que ela ensaiasse com a Banda da Marinha e o clima frio no evento de posse estava atrapalhando, de forma que ela “não se sentiu confortável” para cantar ao vivo, sem recorrer ao que estava pré-gravado.

Beyoncé garantiu, contudo, que neste domingo, 3, cantará ao vivo, sem dublagem, no prestigioso show de intervalo do Super Bowl., que acontece em Nova Orleans. Para este evento ela conseguirá ensaiar, e garantiu que passou meses planejando e arquitetando essa performance.