Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Beyoncé: Meio Irmão da cantora morava em trailer perto de sua casa

Nixon Knowles viveu em um trailer 16km de distância da casa da cantora

Bruna Maleh Publicado em 10/07/2023, às 18h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Nixon Knowles e Alexsandra Wright (foto: reprodução Instagram)
Nixon Knowles e Alexsandra Wright (foto: reprodução Instagram)

Meio Irmão de Beyoncé, Nixon Knowles, de 13 anos, morou em um trailer a 16km da mansão na Califórnia, Estados Unidos,  avaliada em quase 1 Bilhão de reais onde a cantora mora junto a seu marido Jay-Z e seus filhos.

O garoto precisou se mudar para o trailer após sua mãe, Alexsandra Wright ter entrado com um pedido de falência, segundo o jornal The Sun, a falência se deu após Alexsandra gastar o US$250 mil dólares em processos para que Matthew Knowles, pai de Beyoncé e Nixon pagasse a pensão ao filho.

+++ LEIA MAIS: Baco Exu do Blues desbanca Beyoncé e Jay-Z e ganha Cannes com Bluesman

Alexsandra e Nixon foram morar em um trailer de dois dormitórios em 2014 que foi doado por uma instituição de caridade para moradores de rua, em Los Angeles. Matthew teria deixado de pagar a pensão alimentícia de Nixon e foi ameaçado por diversos fãs de Beyoncé.

Em 2017 Alexandra conseguiu alugar um apartamento para morar com o filho, e diz que não entende o distanciamento da irmã "Não houve nenhum contato. A dor ainda precisa ser curada. Minha principal preocupação tem sido lidar com um jovem que pergunta: 'Por que essa pessoa não me ama?”.

A mãe de Nixon afirma nunca ter pedido ajuda a Beyoncé mas que ficou chateada pela falta de contato da cantora com o irmão: "Ela (Beyoncé) é bilionária e acabou de comprar a casa mais cara da Califórnia, a 16 quilômetros de onde moramos. Às vezes, eu sento no banheiro e eu choro porque simplesmente não sei como ajudá-lo [Nixon] a ser ele mesmo. Mas acredito que nossos filhos e netos serão seres humanos muito melhores que nós", contou.