Biebermania na telona

Justin Bieber vai arrastar multidões de fãs para estreia do seu filme, Never Say Never, que chega ao Brasil nesta sexta, 25

Débora Passarelli/Especial para BR Press Publicado em 24/02/2011, às 11h23

Pôster de Never Say Never, documentário sobre a trajetória de Justin Bieber
Divulgação

(BR Press) - Justin Bieber tomou conta dos quatro cantos do mundo e agora pretende deixar sua marca na sétima arte. No documentário Never Say Never ("nunca diga nunca", em inglês), que estreia nesta sexta, 25, nos cinemas brasileiros, conhecemos a história do cantor e multi-instrumentista canadense, que alcançou o sucesso graças a vídeos postados YouTube, no final de 2007.

No filme dirigido por Jon Chu, que ganhou formato 3D, é possível conferir a trajetória do ídolo teen desde antes da fama, e seus passos até chegar a ser reconhecido mundialmente. Never Say Never mescla vídeos caseiros e depoimentos de familiares, amigos e fãs, com cenas do maior show da carreira de Bieber, no Madison Square Garden, em Nova York, e imagens de bastidores.

Além disso, o público toma consciência do fenômeno que é este garoto. A Biebermania definitivamente não atinge somente crianças e adolescentes, e a prova está documentada neste longa-metragem, que mostra que o público do canadense é diversificado.

Um dos destaques é a cena em que o cantor dá uma moeda a uma garota que toca violino na rua, enquanto ela se apresenta em frente a um restaurante onde ele mesmo já esteve com seu violão. Bieber pede a ela que "não desista de seus sonhos".

A produção conta com participações de Usher (espécie de padrinho musical do jovem, que completará 17 anos no dia 1 de março), Miley Cyrus, Jaden Smith e uma pequena aparição do rapper Drake, conterrâneo de Bieber, que recentemente cantou em dueto com a cantora Rihanna no Grammy Awards.

Ascensão

Justin Bieber nasceu em Stratford, uma pequena cidade do estado de Ontário. Desde cedo toca bateria, violão, teclado e trompete, sem nunca ter feito aulas preparatórias. Ele ficou famoso primeiro na internet, quando postou vídeos de apresentações suas para que os familiares e amigos pudessem vê-lo.

O sucesso foi tão grande que Scooter Braun, ex-executivo de marketing da SoSo Def, viu seu canal no site e "perseguiu" o garoto até conseguir levá-lo para os Estados Unidos, onde ele fechou contrato, aos 14 anos, com uma gravadora de Atlanta.