Bill Cosby é condenado por agressões sexuais

O juiz do caso chamou o ex-comediante de “predador sexual violento”

Redação Publicado em 25/09/2018, às 15h58

None
Matt Slocum/AP

Bill Cosby foi condenado a prisão nesta terça, 25, podendo pegar de três a dez anos de prisão, por ter drogado e abusado sexualmente Andrea Constand em 2004.

Dez mulheres que o acusaram estavam presentes, assim como Constand. Antes de dar a sentença, o juiz chamou Cosby de “predador sexual violento”.

O ex-comediante admitiu em 2005 que drogou mulheres para fazer sexo com elas e este foi o indício mais convincente que levou um júri da Pensilvânia a considera-lo culpado de agressão sexual.