Billie Eilish é aclamada pela crítica por No Time To Die: "Arrepiante" e "Sombria"

Lançada nesta quinta, 13, a produção do fenômeno do pop é a música-tema do novo filme da franquia 007: Sem Tempo para Morrer

Redação Publicado em 14/02/2020, às 11h22

None
Billie Eilish (Foto: Jordan Strauss / Invision / AP)

Quando a Billie Eilish anunciou estar a frente da música-tema do próximo filme 007 - Sem Tempo para Morrer, alguns reviraram o olho, outros disseram que ela era "cool demais" para a franquia. A nomeação da artista pareceu uma tentativa dos produtores de atrair um público mais jovem, já que a produção está passando por várias mudanças e tem uma cineasta criativamente empolgante, Phoebe Waller-Bridge, no comando. 

+++ LEIA MAIS: Billie Eilish é eleita a Mulher do Ano pela Billboard e brinca: "nunca me chamaram de mulher"

Porém, muitos se perguntaram como a artista - que se apoia fortemente no uso de sintetizadores, influências do hip-hop e as técnicas de ASMR - funcionaria na trilha de um espião como Daniel Craig. A resposta veio com o lançamento de "No Time To Die" nesta quinta, 13: "É uma das melhores [música-tema] que já tivemos nos últimos tempos", pontuou a Independent UK e a Variety. 

Segundo a publicação, "a música prova que Eilish tem uma versatilidade que se estende além do som fantasmagórico e eletrônico do disco de estreia, When We All Fall Asleep, Where Do We Go?". 

"Ela começa a música com a marca registrada (sussurros e voz trêmula), mas alcança um impressionante clímax". Mas acrescentaram que "não é tão boa quanto 'Skyfall', de Adele, embora elas compartilhem elementos semelhantes que vão de um piano até uma orquestração tensa e trêmula". 

+++ LEIA MAIS: Ciência explica obsessão das pessoas por Billie Eilish - e resposta tem a ver com ASMR

Eilish segue Sam Smith, Adele, Jack White com Alicia Keys e Chris Cornell na lista de artistas que já ofereceram um pano de fundo musical para Daniel Craig na saga. 

Para o The Guardian, "assim como a apresentação de 'Yesterday' no Oscar, No Time to Die mostra Eilish adotar uma abordagem respeitosa". "No entanto, ela gravou a própria identidade na música", acrescentam. 

+++ LEIA MAIS: Billie Eilish canta Yesterday, dos Beatles, no Oscar 2020 e divide o Twitter: ‘Angelical’ e ‘Sussurrante’

"'No Time to Die' retrata de maneira inteligente a representação de Bond, de Daniel Craig - sombria, solitária e atormentada sob o frio - pela marca registrada de angústia adolescente que Eilish tem". 

Enquanto oThe Telegraph elogiou a parceria entre Eilish e o irmão e produtor, Finneas, "a dupla claramente estudou os protótipos dos 1960 de John Barry, especialmente Diamonds Are Forever, You Only Live Twice e From Russia With Love". 

"Mas o que eleva a música é a absoluta sinceridade do vocal de Eilish, entregue com tanta intensidade que parece que ela foi bombardeada pela emoção. Se você se render à experiência, o efeito é arrepiante". 

+++ LEIA MAIS: Billie Eilish revela luta contra depressão: ‘Não achava que passaria dos 17 anos’

A Variety enfatizou que "Eilish, sem dúvida, faz um trabalho melhor do que aqueles que reconhecem a tradição musical de John Barry e se apega a algo que é muito dela e só dela". 

"'No Time to Die' é uma das melhores músicas de Bond dos últimos 25 ou 30 anos, e chega à frente de muitas trilhas que pareciam promissoras e que realmente não funcionavam como "Skyfall" de Adele e "Writing's on the Wall" de Sam Smith". 

Eilish é a artista mais nova a produzir uma trilha para o filme. 007: Sem Tempo para Morrer tem previsão de estreia para o 31 de março. 


+++ A MALDIÇÃO DO CORINGA, COM JOAQUIN PHOENIX, HEATH LEDGER, JACK NICHOLSON E MAIS: