Billie Eilish revela por que parou de ler comentários de Instagram

Em entrevista, o fenômeno do pop desabafou sobre o quanto os comentários "arruínam a vida" dela

Redação Publicado em 18/02/2020, às 13h17

None
Billie Eilish, no Lollapalooza Berlin (Foto: Britta Pedersen/DPA/AP Images)

Quase um ano depois da estrondosa ascensão com o disco de estreia When We All Fall Asleep, Where Do We Go?, Billie Eilish já se abriu várias vezes em entrevistas para falar sobre a própria saúde mental e como tem lidado com o sucesso. A cantora pop, que já coleciona quatro Grammys, chegou a dizer que "não achava que passaria dos 17 anos"

+++ LEIA MAIS: Ciência explica obsessão das pessoas por Billie Eilish - e resposta tem a ver com ASMR

Desta vez, ao dar uma entrevista para a BBC para promover a nova música-tema do filme 007: Sem Tempo Para Morrer, a artista desabafou sobre o motivo pelo qual ela parou de ler os comentários feitos nas publicações do próprio Instagram. 

+++ LEIA MAIS: Billie Eilish é eleita a Mulher do Ano pela Billboard e brinca: "nunca me chamaram de mulher"

"Estava arruinando a minha vida. Mais uma vez". Finneas, irmão e produtor, que estava ao lado da cantora durante a entrevista, acrescentou: "As pessoas, quando olham para uma celebridade, pensam que 'pedras, paus' ou nada do que disserem será potente para eles. Mas é tudo igual online". 

Quando questionada se os comentários ainda doem, apesar do enorme sucesso, Eilish respondeu que "é pior que nunca". 

+++ LEIA MAIS: Grammy 2020: Billie Eilish é a artista mais nova a vencer as 4 principais categorias da premiação

Na mesma entrevista, Eilish e Finneas contaram que escreveram "No Time to Die" em apenas três, no meio de uma turnê nos Estados Unidos. "Escrevemos e gravamos a música de Bond em um ônibus de turismo no Texas".

"Nós realmente queríamos ter certeza de que não estávamos fazendo algo que parecia que estávamos copiando outras ótimas músicas", explicou Finneas. 

Na última quinta, 13, a artista lançou a faixa e foi aclamada pela crítica como "arrepiante" e "sombria".


+++ SESSION ROLLING STONE: RUBEL TOCA MANTRA