Billie Joe, do Green Day, dá entrada na reabilitação

Companheiros da banda pedem desculpas por descontrole do vocalista em show na sexta, 21

MIRIAM COLEMAN Publicado em 24/09/2012, às 10h18 - Atualizado em 09/10/2012, às 13h08

Billie Joe Armstrong
AP

Os companheiros de Green Day anunciaram que o frontman Billie Joe Armstrong está em tratamento por abuso de substâncias. A banda postou o comunicado na página oficial do grupo no Facebook neste domingo, 23, dois dias depois do vocalista vociferar uma onda de palavrões no palco do iHeartRadio Music Festival, em Las Vegas, nos Estados Unidos (veja o vídeo da revolta abaixo).

Entrevista: em nova trilogia, Green Day abandona o ópera rock e volta ao punk básico.

De acordo com a Billboard norte-americana, o estopim para o descontrole de Armstrong foi o aviso da organização do festival, na sexta, 21, de que a banda teria apenas mais um minuto de apresentação, justamente com as acusações de que o show do grupo estava sendo abreviado. O vocalista terminou a performance da noite quebrando sua guitarra e dizendo: “Deixe-me mostrar o que a porcaria de um minuto significa”.

“Nós gostaríamos de informar a todos que não houve abreviamento por parte da Clear Channel e pedir desculpas para aqueles que ofendemos no iHeartRadio Festival, em Las Vegas”, diz o comunicado da banda. “Infelizmente, nós teremos que adiar algumas das nossas aparições promocionais.”

A primeira parte da nova trilogia de discos, Uno!, Dos! e Tré!, sairá nesta terça, 25. A promoção do álbum já foi atrapalhada no começo deste mês quando o Green Day foi forçado a cancelar uma apresentação na Itália depois que Armstrong foi hospitalizado com uma grave desidratação, de acordo com alegações da própria banda.