Billy Corgan recusa colaboração com Miley Cyrus, mas admite: “Ela é muito talentosa”

“Não é nada contra ela, mas contra o jeito como as coisas funcionam em LA”, afirma líder do Smashing Pumpkins

Redação Publicado em 01/01/2015, às 14h56 - Atualizado às 18h47

Billy Corgan, vocalista do Smashing Pumpkins

Ver Galeria
(6 imagens)

À frente do Smashing Pumpkins, Billy Corgan acaba de lançar o álbum Monuments To An Elegy e, em uma entrevista de divulgação à rádio francesa Oui FM, ele admitiu que já negou um convite para colaborar com a cantora Miley Cyrus. “Fui chamado para contribuir”, disse ele. “Não é nada contra ela, mas contra o jeito como as coisas funcionam em LA”.

Veja em que posição está Mellon Collie and the Infinite Sadness na lista dos 10 maiores álbuns duplos de todos os tempos.

“Eles querem que você componha algumas canções”, seguiu o vocalista e guitarrista. “E então o pessoal do pop escolhe: ‘Quero aquela, quero essa’. Eu não faço esse tipo de coisa”. Contudo, logo em seguida, o líder do Smashing Pumpkins afirmou: “Se ela me chamar de novo e disser: ‘Você poderia compor uma música para mim?’, eu vou considerar”.

Corgan explicou porque iria “considerar” um novo convite de Miley. “Ela é muito talentosa e seria uma coisa muito bacana de se explorar. Mas eu não vou compor uma música e ficar esperando que Miley escolha a minha entre um monte de canções idiotas.”

Billy Corgan diz que “a mitologia dos anos 1990 agora é irrelevante.”

“Esquecemo-nos rapidamente de que um dia ela foi uma criança da Disney” , ainda acrescentou Corgan. “E parte do que faz Miley parecer ‘ameaçadora’ na cultura é o lugar de onde ela veio”. “Se ela fosse um ninguém que aparece como ela é agora, não acho que as pessoas teriam a mesma resposta emocional.”

Galeria: as 15 separações mais conturbadas do rock.

Corgan encerrou fazendo elogios contidos à ex-Hannah Montana. “Da forma como encaro essas coisas, ela é muito talentosa. Muito boa cantora. Então, no mínimo, posso dizer tranquilamente que, qualitativamente, ela é uma estrela pop melhor do que 99,99% deles, ainda que a música não me agrade.”

O Smashing Pumpkins é uma das atrações do Lollapalooza Brasil de 2015, saiba mais aqui.

Novos discos do Smashing Pumpkins

O Pumpkins começou a trabalhar em Monuments to an Elegy e em outro disco, chamado Day for Night em 2014, com a intenção de lançá-los no começo deste ano. Monuments to an Elegy, entretanto, chegou às lojas em 9 de dezembro do ano passado e ganhará uma turnê mundial de divulgação.

Billy Corgan alfineta Foo Fighters e Pearl Jam e sugere fim do Smashing Pumpkins: “Estou farto do rock”.

Os trabalhos são parte do projeto conceitual Teargarden by Kaleidyscope, um conjunto de álbuns, com 44 músicas, que teve início em 2010, com Songs for a Sailor, passou por Oceania, de 2012, e chegará ao fim com Day for Night – ainda sem data de lançamento.

“Àqueles que possam se interessar sobre a música: ‘guitarras, guitarras, guitarras e mais guitarras’”, escreveu Corgan em março, no site oficial da banda, sobre Monuments to an Elegy. “Mas mostrando um lado mais épico do que, digamos, grosseiramente metálico”.

Ouça versão acústica de “1979”, do Smashing Pumpkins.

O vocalista da banda contou no site como ocorreu a parceria com Tommy Lee, a qual ele chamou de “Supersonic Pumpkins”. “Há algumas semanas, eu mostrei a ideia a Tommy Lee, toquei para ele todas as canções nas quais trabalhei duro para finalizar e nós discutimos a maneira como chegaríamos a algo em comum no estúdio.”

“Isso explica a pressa de preparar os arranjos para ele poder encaixar a bateria e ainda nosso trabalho ter sido mantido com tanto 'segredo'. Então, nada nem ninguém poderia influenciar no processo”, seguiu. “Tommy toca bateria de maneira esmagadora mas, como muitos fãs sabem, nada é sem fundamento, já que ele tem um ouvido fantástico para música e brinca com as canções de um jeito que só aumenta a expectativa.”

Tracklist de Monuments to an Elegy

1 – “Being Beige (World’s on Fire)”

2 – “Anti-hero”

3 – “Tiberius”

4 – “Run to Me”

5 – “One and All”

6 – “Drum and Fife”

7 – “Dorian”

8 – “Monuments”

9 – “Anaise”