Björk cria fundo de socorro à Islândia

Nascida no país - bastante afetado pela crise financeira mundial -, cantora pretende arrecadar 9 milhões de euros até março

Da redação Publicado em 01/01/2009, às 21h59

A cantora islandesa Björk está encabeçando o projeto de um fundo de capital de risco com a intenção de ajudar na criação e no auxílio de empresas com responsabilidade ambiental e social em seu país, um dos mais afetados pela crise financeira mundial.

O projeto foi desenvolvido em parceria da cantora com a empresa Audur Capital, que é comandada só por mulheres. Batizada de Björk, a iniciativa já angariou cerca de 600 mil euros. A organização pretende alcançar a arrecadação de 9 milhões de euros até março.

O sistema financeiro da Islândia entrou em colapso no último mês de outubro, o que levou à nacionalização de três bancos privados e à desvalorização da moeda local.