Black Out Tuesday: 'Apagão' das redes, pode atrapalhar ativistas do Black Lives Matter; entenda

Excesso de fotos quadradas com a cor preta tira atenção de petições, informações e detalhes importantes sobre os protestos antirracistas

Redação Publicado em 02/06/2020, às 14h35

None
Instagram após o movimento Black Out Tuesday (Foto: Reprodução/via G1)

O movimento Black Out Tuesday criado pela indústria da música acontece nesta terça, 2, com o intuito de aumentar a conscientização e apoiar os protestos antirracistas que tomaram conta de diversas cidades dos Estados Unidos após a morte de George Floyd, homem negro morto por um policial branco. 

+++LEIA MAIS: Mick Jagger, Billie Eilish e Beyoncé aderem à campanha 'BlackOutTuesday' em apoio aos protestos Black Lives Matter

Para promover a conscientização nas redes sociais, os fãs e artistas publicaram fotos de quadrados na cor preta acompanhadas das hashtags #TheShowMustBePaused ("O show deve parar", em tradução livre), #BlackLivesMatter ("Vidas Negras Importam", em tradução livre) e é claro #BlackOutTuesday. 

Devido ao número esmagador de perfis que participam da campanha, o Instagram foi inundado com imagens de quadrados pretos marcados sob a hashtag #BlackLivesMatter. Logo, informações sobre protestos, captação de recursos, violência policial documentada e outras ferramentas importantes para o movimento foram perdidas em meio a tantas imagens repetidas de uma tela sem informação. 

Veja:

+++LEIA MAIS: Black Out Tuesday: indústria da música promete apagão em apoio a protestos por George Floyd

Na tentativa de reverter este cenário, alguns artistas chamaram a atenção para esta questão no Twitter, compartilhando um vídeo que mostrava o quão inutilizável a hashtag #BlackLivesMatter se tornou para manifestantes e outras pessoas que procuram prestar assistência ao ativismo em andamento contra a brutalidade policial.

O escritor Anthony James Williams publicou na rede social: "Pare de postar quadrados pretos sob a hashtag #BlackLivesMatter no Instagram. É intencional e não intencionalmente ocultar informações críticas que estamos usando online. Diga-me como isso ajuda os negros. Não, e de fato torna as coisas muito piores. Diga a seus amigos e familiares para pararem."

+++LEIA MAIS: Grupo de hackers Anonymous faz graves acusações contra Trump, cita Bolsonaro e pai de Julian Casablancas

A artista e participante do RuPaul's Drag RaceTatianna escreveu: "Colocar quadrados na cor preta no Instagram e marcar vidas negras com hashtag é algo que torna a hashtag inútil [sic]. Remova a hashtag para que as postagens reais do BLM possam ser vistas."

Assim, as celebridades pedem que ao publicar a imagem quadrada na cor preta é para não usar a #BlackLivesMatter e retirar a hashtag quem já publicou fotos com ela, porque tira o foco das petições, vídeos, notícias e informações sobre os protestos e movimentos antirracistas. 


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE