Blaze Bailey não se importa que fãs do Iron Maiden o odeie: 'Estou bem com isso'

Vocalista gravou os álbuns 'The X-Factor' e 'Virtual XI' com o Iron Maiden, mas dividiu opinião dos fãs

Itaici Brunetti Publicado em 12/05/2021, às 16h37

None
Blaze Bayley (Foto: reprodução Instagram)

Ao ocupar o posto de vocalista do Iron Maiden em meados da década de 1990, Blaze Bayley gravou dois importantes discos com o grupo: The X-Factor (1995) eVirtual XI (1998). No entanto, a atuação do cantor não agradou uma boa parte dos fãs e, ciente disso, ele afirmou recentemente que não se importa que alguns fãs da banda o odeie. 

"As pessoas que me odiavam por estar no Iron Maiden, espero que ainda me odeiem. Porque, pelo menos sou alguma coisa", afirmou Blaze Bayley no programa Aftershocks TV. "Se as pessoas disserem: 'Quem é Blaze Bayley?', ou 'Ele é a pior coisa que já aconteceu ao Iron Maiden'. Ok, estou bem com isso," completou. 

+++LEIA MAIS: Blaze Bayley, ex-Iron Maiden, é excluído do Hall da Fama e deixa integrante original da banda chateado

O cantor de 57 anos continuou: "Eu realmente não me importo com o que as pessoas pensam. Por que eu deveria? A única opinião que realmente importa para mim são as das pessoas que me apoiaram por tantos anos e tornaram isso possível para eu viver o meu sonho."

Sobre as críticas que recebe - e recebeu ao longo dos anos por seu trabalho no Iron Maiden, Bayley acrescentou: "É claro que dentro de cada intérprete e dentro de cada artista existe um desejo de reconhecimento. Eu tive esse reconhecimento há anos e tenho fãs maravilhosos e leais que me apoiam."

Ao ser questionado sobre a relação que tem com os integrantes do Iron Maiden hoje em dia, Blaze Bayley respondeu: "Ainda sou amigo dos caras da banda. Eu ainda converso com o Steve Harris [baixista]. Tenho uma ligação estranha com a gerência, verifico se está tudo bem e isso é tudo."

+++LEIA MAIS: Em cadeira de rodas há 6 anos, Paul Di'Anno, ex-vocalista do Iron Maiden, faz vaquinha para pagar cirurgia

No mês passado, Blaze Bayleylançou um novo álbum de estúdio, War Within Me. Na mesma entrevista, ele revelou que não tem grandes ambições para a carreira e que já conquistou tudo o que gostaria. 

"Não estou tentando ser grande e nem tocar em estádios. Não estou pensando que tenho que voltar para os grandes palcos e arenas. Eu já fiz tudo isso. Agora, eu não quero muitos fãs", disse o vocalista e prosseguiu: "Talvez eu consiga mais alguns fãs com o meu novo álbum. Mas não quero ser muito popular. Estou feliz onde estou, fazendo o que estou fazendo."

Ao finalizar, Blaze Bayley brincou: "Eu tenho que assinar 1.500 CDs para enviar para as pré-encomendas de War Within Me. Meu braço está doendo. Se eu conseguir muito mais fãs, terei que começar a treinar para poder assinar com minha canhota."

As informações são do site Blabbermouth


+++ MV BILL: 'A GENTE TEM A PIOR POLÍTICA DE GOVERNO PARA O PIOR MOMENTO' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL