Bloc Party vai se separar novamente no segundo semestre

“Definitivamente, depois que terminarmos a temporada de festivais vamos tirar um tempo”, disse o guitarrista Russell Lissack

Redação Publicado em 12/06/2013, às 13h13 - Atualizado às 17h11

Kele Okereke afirma não saber se foi demitido do Bloc Party
Foto:AP

Durou pouco a paz no Bloc Party. A banda, que voltou a tocar e lançou disco no passado depois de algum tempo separada e confusões entre o vocalista Kele Okereke e os outros integrantes, novamente vai se separar. Foi o que disse o guitarrista Russell Lissack em entrevista ao site do jornal canadense National Post.

“Definitivamente, depois que terminarmos a temporada de festivais vamos tirar um tempo. Pelo menos seis meses, talvez um ano, talvez dois, é difícil saber”, disse, durante festival em Toronto, no Canadá. “Uma vez que tirarmos um tempo as pessoas vão fazer suas próprias coisas.” O último show na agenda da banda é no dia 17 de julho, na França.

O grupo britânico lançou no passado Four, quarto disco da carreira, e parecia que havia encontrado uma solução para as confusões que marcaram o ano de 2011. “Espero não ter sido demitido”, chegou a dizer Okereke.

Lissack revelou, contudo, que antes de que cada um siga seu caminho a banda vai lançar EP com algumas canções inéditas. “Vão ser cinco ou seis faixas. Nós escrevemos algumas músicas desde o fim do ano e vamos trabalhar nelas.”