BMW Jazz Festival apresenta line-up, que conta com Pat Metheny e Esperanza Spalding

O evento, em sua terceira edição, acontece de 6 a 9 de junho e aposta na renovação de público

Antônio do Amaral Rocha Publicado em 16/04/2013, às 16h59 - Atualizado em 17/04/2013, às 13h11

Esperanza Spalding
Divulgação/Carlos Pericas

Em uma coletiva realizada nesta terça, 16, foi divulgada a programação do BMW Jazz Festival. Com direção de Monique Gardenberg e curadoria do jornalista Zuza Homem de Mello, do músico Zé Nogueira e do produtor musical Pedro Albuquerque, a programação mescla nomes conhecidos a outros que são apostas do gênero.

O line-up do evento, que acontecerá também no Rio de Janeiro (de 8 a 10 de junho), nesta terceira edição, vem amparado por uma seleção de atrações que pretende fortalecer o gênero e vertentes derivadas. Para isso, a curadoria de Zuza Homem de Mello escolheu atrações que se pautam pela variedade de instrumentos-guia. Pat Metheny (guitarra), Esperanza Spalding (foto) & The Radio Music Society (contrabaixo e voz), Brad Mehldau Trio (piano), Joe Lovano & Dave Douglas (saxofone e trompete), grupo James Farm (formato de quarteto clássico: baixo, bateria, piano e sax), Egberto Gismonti e a Orquestra dos Corações Futuristas (orquestra) e Jonathan Blake Quintet (bateria).

Na apresentação, Monique Gardenberg declarou que o festival já conseguiu a maturidade e tem a missão de ensinar a ouvir música e depurar os ouvidos. Nas palavras de Zuza, em um festival do gênero, “diferente de show de um só artista, o público sempre presta atenção em todos os músicos que estão no palco, pois todos são exímios instrumentistas”.

Uma das atrações, considerada imperdível pela curadoria, será o pianista Brad Mehldau cuja marca tem sido arranjos não convencionais de canções de bandas de rock, como Beatles, Radiohead e Soundgarden, remodeladas para o universo do jazz.

Pat Metheney, bastante conhecido do público brasileiro, terá grande destaque na programação, pois foi reservada uma noite só para ele, enquanto que para os outros dias foram escalados três shows.

Outra aposta será a apresentação do quarteto de jazz acústico James Farm, formado em 2009, e integrado por Joshua Redman no saxofone, Aaron Parks no piano, Matt Penman no contrabaixo e Eric Harland na bateria. O nome do grupo tem origem sui generis: as iniciais dos componentes formam Jame que, acrescido do s, resultou em James. Farm [fazenda em inglês] traz a intenção de tornar a música mais orgânica e se caracteriza por uma abordagem vanguardista em que predominam a improvisação e temas com melodias marcantes.

Esperanza Spalding, a jovem contrabaixista, vocalista e compositora, também conhecida fora do seleto público de jazz, se apresentará com uma banda formada por 11 músicos e mostrará seu mais recente trabalho, Radio Music Society, lançado em 2012.

A única atração brasileira do festival será o multi-instrumentista Egberto Gismonti, que se apresentará com a Orquestra Corações Futuristas, criada em 2009 e formada por oito flautistas, quatro clarinetistas, um trompetista, um trombonista, três saxofonistas, um pianista, um baixista, um percussionista e um baterista.

BMW Jazz Festival – São Paulo

Quinta, 6 de junho, às 21h

Pat Metheny & Unity Band

Sexta, 7 de junho, às 21h

Egberto Gismonti e Orquestra Corações Futuristas

Esperanza Spalding & Radio Music Society

James Farm

Sábado, 8 de junho, às 21h

Brad Mehldau Trio

Johnathan Blake Quintet

Joe Lovano & Dave Douglas Quintet

HSBC Brasil - Rua Bragança Paulista, 1281 – Chácara Santo Antonio – SP

Domingo, 9 de junho, a partir das 17 h, show gratuito no Parque do Ibirapuera

Atração a confirmar

Programação do BMW Jazz Festival – Rio de Janeiro

Sábado, 8 de junho, às 21h

Esperanza Spalding & Radio Music Society

James Farm

Domingo, 9 de junho, às 20h

Joe Lovano & Dave Douglas Sound Prints

Brad Mehldau Trio

Segunda, 10 de junho, às 21h

Pat Metheny & Unity Band

Vivo Rio - Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo – Rio de Janeiro