Bob Dylan afirma que passou por “renascimento místico”

O músico acredita que a morte de um motoqueiro do Hells Angels determinou uma mudança na sua vida

ANDY GREENE Publicado em 19/09/2012, às 12h37 - Atualizado às 18h54

Bob Dylan
AP

Em um surpreendente trecho da recente entrevista para a Rolling Stone EUA, Bob Dylan atribui um significado espiritual especial para a morte de Robert Zimmerman, o presidente do Hells Angels de São Francisco, nos anos 60.

Conheça as 70 maiores canções de Dylan.

"Você já ouviu falar de transfiguração?", perguntou Dylan ao editor contribuinte Mikal Gilmore, referindo-se à passagem do Novo Testamento em que Jesus Cristo muda da forma física para espiritual. "Bom, você está olhando para alguém que foi [transfigurada]".

Bob Dylan descobriu a morte de Zimmerman no livro Hell's Angel: The Life and Times, de Sonny Barger e os Hells Angels. O músico até levou o livro para a entrevista e pediu para que Gilmore lesse um trecho em voz alta. Dylan ficou chocado com o fato de que ele e o Hells Angels compartilhavam nomes idênticos e tiveram um acidente de motocicleta em uma diferença de poucos anos. "Eu não sabia quem eu era até ler o livro de Barger", disse Dylan.

O motoqueiro Bobby Zimmerman morreu durante a ida para Bass Lake, na Califórnia, com os outros companheiros do grupo. Quando o seu cachecol caiu da motocicleta, ele deu a volta para pegá-lo, mas foi acidentalmente atingido por outro motoqueiro.

Depois, na entrevista, Gilmore pressiona Dylan para mais detalhes sobre o tema: "Você pode aprender sobre isso na Igreja católica", respondeu o músico. "Você pode aprender em alguns velhos livros místicos, mas é um conceito real... Então, quando você faz as suas perguntas, você está perguntando para uma pessoa que morreu há muito tempo. Para uma pessoa que não existe", afirmou Dylan, surpreendetemente, indicando ao entrevistador que ele não acredita ser a mesma pessoa depois de ter sofrido o lendário acidente de moto.