Após oito meses, Bob Dylan faz discurso de aceitação do Nobel de Literatura

Lendário cantor e compositor enviou uma gravação de mais de 25 minutos à Academia Sueca

Redação Publicado em 05/06/2017, às 16h07 - Atualizado às 17h47

Bob Dylan em apresentação em Nottingham, na Inglaterra, em janeiro de 2017

Ver Galeria
(2 imagens)

Ainda que Bob Dylan tenha recebido formalmente o Prêmio Nobel de Literatura de 2016 em Estocolmo, na Suécia, em abril, ele ainda precisava fazer um discurso para ganhar a premiação em dinheiro, 8 milhões de coroas (equivalentes a quase R$ 3 milhões).

No último fim de semana, oito meses após o anúncio de Dylan como o vencedor da honraria, o cantor e compositor enviou uma gravação de 27 minutos à Academia Sueca, na qual fala sobre diversos músicos e peças literárias que inspiraram composições dele. Entre os nomes citados está o guitarrista Buddy Holly e livros clássicos, como Moby Dick, Sem Novidade no Front, e Odisseia.

LEIA TAMBÉM

Em entrevista de 1962, Bob Dylan, então com 20 anos, fala sobre começo da carreira

Minidocumentários contam a história das capas de discos de Bob Dylan

Com nova cover de Frank Sinatra, Bob Dylan anuncia álbum triplo de versões

“Nossas músicas estão vivas no mundo dos vivos. Mas a música não é como a literatura. Canções são feitas para serem cantadas, não lidas”, disse, no final do discurso. “E eu espero que alguns de vocês tenham a chance de ouvir essas letras da maneira que devem ser ouvidas: em shows, em gravações ou seja lá qual for o jeito que as pessoas escutam música hoje em dia.”

Ouça ao discurso completo de Dylan abaixo.